Vitor Silva / SS Press / Botafogo
Vitor Silva / SS Press / Botafogo

No Engenhão, Botafogo busca vitória contra o Ceará por homenagem a Jefferson

Alberto Valentim não divulga escalação, mas Matheus Fernandes deve retornar ao time titular após suspensão

Estadão Conteúdo

06 Junho 2018 | 05h26

Animado após a vitória no clássico contra o Vasco, o Botafogo tem um motivo especial para buscar uma nova vitória no Campeonato Brasileiro: homenagear o goleiro Jefferson, que se tornará nesta quarta-feira no confronto contra o Ceará, no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, válido pela 10.ª rodada, o terceiro jogador que mais atuou pelo clube.

+ Jefferson se diz ansioso por recorde pelo Botafogo: 'Vai ser um dia diferente'

+ Lindoso pede 'pés no chão' ao Botafogo e cita derrota para lanterna em 2017

Jefferson passará o ex-zagueiro Valtencir para completar 454 jogos pelo clube carioca e só terá menos aparições que os ídolos botafoguenses Garrincha (612) e Nilton Santos (721).

"Está chegando esse momento histórico e único, que poucos jogadores chegaram. Hoje em dia é muito difícil um jogador ficar tanto tempo em um clube. Vai ser um dia diferente para mim", disse o goleiro em entrevista coletiva nesta terça-feira. "Posso afirmar que nunca imaginava que seria o terceiro jogador que mais vezes vestiu a camisa, mas sempre busquei ser leal", completou.

O momento do Botafogo é propício para homenagens. O time alvinegro ainda oscila na competição, mas vive bom fase, considerando as suas limitações. É o 12.º colocado, com 12 pontos, e precisa de um novo triunfo para se aproximar dos primeiros colocados na tabela de classificação.

Como o Ceará, atual lanterna e que estreará o técnico Lisca, deverá se fechar defensivamente, a missão do Botafogo poderá ser mais difícil quanto parece. O time alvinegro já teve dificuldade contra o lanterna no Brasileirão em 2017, quando foi derrotado pelo Atlético Goianiense. Por isso, o discurso é de respeito ao adversário e cautela em campo.

Sobre a escalação titular, o técnico Alberto Valentim, como geralmente faz, não divulgou quem jogará. Certo é que o meia Matheus Fernandes volta ao time após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Porém, não se sabe se ele entra na vaga de Jean, que agradou o comandante com a atuação contra o Vasco, ou do meia Marcos Vinícius. É provável que o último deixe o time titular já que sofre com dores no joelho direito e não tem presença garantida na partida.

Alberto Valentim também não revelou se manterá o time com dois homens de área - Kieza e Rodrigo Aguirre - ou se o meia Luiz Fernando volta ao time titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.