No Equador, Emelec derrota o Tigres e sai na frente nas quartas da Libertadores

O Emelec saiu na frente no confronto contra o Tigres, pelas quartas de final da Copa Libertadores. Nesta terça-feira, na cidade de Manta, o time equatoriano contou com a força de seu torcida para derrotar os mexicanos por 1 a 0 e levar uma boa vantagem para a partida da volta, na próxima terça, desta vez em Monterrey, no México.

Estadão Conteúdo

20 de maio de 2015 | 00h06

Agora fora de casa, o Emelec terá a vantagem do empate para se classificar às semifinais. E também garantirá vaga em qualquer derrota por um gol de diferença, desde que marque. Um novo 1 a 0, desta vez para o Tigres, levará a decisão para a disputa por pênaltis. Nas semifinais, o vencedor pegará quem passar de Internacional e Independiente Santa Fé, da Colômbia.

Segunda melhor campanha da fase de grupos - atrás somente do Boca Juniors, já eliminado - e invicto até então, o Tigres não foi nem sombra do que já jogou nesta Libertadores. Acuado pelo Emelec, ficou na defensiva tentando algum contra-ataque mortal. Ele não veio e pressão dos equatorianos foi enorme. O gol da vitória foi marcado aos 19 minutos do segundo tempo pelo atacante Miller Bolaños, que chegou a seis na competição.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresEmelecTigres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.