Botafogo bate o Mogi Mirim e mantém folga na ponta da Série B

Jogo foi disputado no Espírito Santos nesta sexta-feira

LUCIANO PÁDUA, ESPECIAL PARA A AE, Estadão Conteúdo

11 de setembro de 2015 | 23h41

O Botafogo venceu o Mogi Mirim por 3 a 0, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), nesta sexta-feira, pela 25.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o time alvinegro carioca se mantém na liderança da competição, agora com 48 pontos. O rival paulista, com 23, permanece na 19.ª e penúltima posição da tabela de classificação.

As equipes voltam a campo para a 26.ª rodada da Série B na próxima terça-feira. O Botafogo recebe o Oeste, às 21h30, no estádio do Engenhão, no Rio. O Mogi Mirim vai a Salvador para enfrentar o Vitória, às 20h30, na Arena Fonte Nova.

O Botafogo começou fulminante. Aos 2 minutos, Daniel Carvalho cobrou escanteio, Roger Carvalho subiu livre e cabeceou para o fundo das redes. Aos 9, Sassá recebeu na entrada da área, mas o goleiro Mauro saiu bem para travá-lo. O time alvinegro seguia melhor na partida e o Mogi Mirim não conseguia criar jogadas de perigo.

O restante da primeira etapa não reservou um grande espetáculo para os torcedores que foram ao estádio Kleber Andrade. As equipes não criaram jogadas de perigo e protagonizaram um jogo morno. Aos 29 minutos, Serginho fez boa jogada individual na esquerda, cortou o zagueiro e cruzou na medida para Ortigoza. A bola raspou na cabeça do atacante do Mogi Mirim e foi para fora. Aos 32, Sassá recebeu lançamento cara a cara com o goleiro Mauro, que conseguiu bloquear o avanço do atacante botafoguense.

Aos 41 minutos, Giaretta cruzou, a bola sobrou para Willian Arão dentro da grande área, que chutou e Mauro fez boa defesa. Aos 44, Everton Heleno bateu de fora da área e a bola tirou tinta do travessão de Jefferson.

O segundo tempo começou com pressão do Botafogo. Aos 8 minutos, Daniel Carvalho fez uma bela arrancada e passou para Lulinha que, cara a cara, bateu. O goleiro Mauro fez uma excelente defesa. Aos 9, Jefferson fez boa defesa após chute de Serginho de fora da área.

O Botafogo dominou as ações do jogo, mas não traduziu a condição em resultado. Aos 31 minutos, William Arão roubou espertamente a bola da defesa e bateu para fora. Aos 32, Serginho fez boa jogada e passou para Luiz Fernando, que bateu cruzado. Jefferson fez ótima defesa.

Aos 35 minutos, Fernandes, que havia acabado de entrar no jogo no lugar de Camacho, fez uma linda jogada e enfiou para Tomás na cara do gol. O meia driblou o goleiro Mauro e marcou o segundo gol do clube alvinegro carioca.

A partir do gol, a partida já parecia decidida. O Mogi Mirim seguiu tentando criar jogadas, mas não ameaçou Jefferson. Aos 44 minutos, William Arão enfiou a bola e deixou Luís Henrique cara a cara com Mauro. O atacante driblou o goleiro, que agarrou seu pé e fez pênalti. O próprio Luís Henrique cobrou com estilo e ampliou a vantagem do Botafogo. Depois do gol, o time alvinegro só precisou tocar a bola e ouvir "olé" da torcida até o apito final.

FICHA TÉCNICA

MOGI MIRIM - Mauro; Michel, Fábio Santos, Renato Camilo e Dieguinho; Magal, Memo (Everaldo), Henrique Motta e Everton Heleno (Luiz Fernando); Serginho e Ortigoza (Junior Juazeiro). Técnico: Sérgio Guedes.

BOTAFOGO - Jefferson; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Diego Giaretta; Serginho, Camacho (Fernandes), Willian Arão e Daniel Carvalho (Tomás); Lulinha (Luís Hernqiue) e Sassá. Técnico: Ricardo Gomes.

GOLS - Roger Carvalho, aos 2 minutos do primeiro tempo; Tomás, aos 35, e Luís Henrique (pênalti), aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Memo (Mogi Mirim); Diego Giaretta (Botafogo).

ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BMogi MirimBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.