Divulgação
Divulgação

No final, Inter arranca empate com Atlético-PR por 1 a 1

Time gaúcho chega a quatro partidas sem vitória no estádio do Vale

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2013 | 23h09

NOVO HAMBURGO - A fase das equipes no Campeonato Brasileiro parece ter afetado Internacional e Atlético Paranaense, nesta quinta-feira, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Em um bom momento e ocupando o terceiro lugar no Brasileirão, quase tudo deu certo para o clube do Paraná, que arrancou um empate com o irregular time gaúcho por 1 a 1, mesmo jogando no estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS).

Em má fase, o Internacional chega a quatro partidas sem vencer no estádio do Vale, onde manda seus jogos durante a reforma do Beira-Rio para a Copa do Mundo de 2014. No Brasileirão, está em quinto lugar a cinco pontos do rival Grêmio, que abre o G4, mas alterna bons e maus momentos.

Daqui pouco menos de um mês, no dia 23 de outubro, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, o Atlético leva a pequena vantagem de poder empatar sem gols para avançar às semifinais e pegar o vencedor do duelo entre Corinthians e Grêmio. Caso a igualdade seja de dois ou mais gols, passará o Internacional. E um novo 1 a 1 levará a disputa da vaga para a decisão por pênaltis.

Em campo, cada equipe dominou um tempo. No primeiro, o Atlético se aproveitou do gol de falta do experiente meia Paulo Baier, logo aos cinco minutos, contando com um desvio na cabeça de Leandro Damião na barreira, para dominar as ações. Não deixou o Internacional jogar e ainda levou muito perigo em contra-ataques. Em um deles, Ederson, o artilheiro do Brasileirão, perdeu um gol incrível cara a cara com Muriel.

Para a segunda etapa, Dunga tirou Leandro Damião e o volante Josimar para as entradas dos atacantes Scocco e Otávio. As substituições surtiram efeito logo e quem passou a mandar no jogo foi o Internacional. Logo de cara, no primeiro minuto, os dois jogadores que entraram mandaram uma bola na trave cada.

Tentando não sofrer tanta pressão, o Atlético abusava das faltas e foi acumulando cartões amarelos. Até que, aos 38 minutos, o volante João Paulo foi expulso, fato decisivo para o Internacional chegar ao empate por causa dos espaços criados com a ausência de um jogador atleticano. Aos 44, Otávio recebeu livre dentro da área e chutou forte, no ângulo de Weverton, para igualar a partida. Depois, ainda houve tempo para o espanhol Fran Mérida também receber o cartão vermelho e deixar os visitantes com dois a menos.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 x 1 ATLÉTICO-PR

INTERNACIONAL - Muriel; Gabriel, Índio, Juan e Kleber; Willians, Josimar (Otávio), D''Alessandro e Jorge Henrique; Forlán (Caio) e Leandro Damião (Scocco). Técnico: Dunga.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Deivid (Marcelo Palau), João Paulo, Everton e Paulo Baier (Fran Mérida); Marcelo e Ederson (Dellatorre). Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Paulo Baier, aos 5 minutos do primeiro tempo; Otávio, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Forlán e Willians (Internacional); Fran Mérida, Pedro Botelho e Léo (Atlético-PR).

CARTÕES VERMELHOS - Fran Mérida e João Paulo (Atlético-PR).

ÁRBITRO - Sandro Meira Ricci (Fifa/PE).

RENDA - R$ 123.590,00.

PÚBLICO - 6.780 pagantes.

LOCAL - Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.