No Fla, a meta é manter crise longe

O ambiente na concentração do Flamengo, em Fortaleza, é o melhor possível, principalmente porque o time está praticamente classificado para as semifinais da Copa dos Campeões. O impeachment do presidente Edmundo Santos Silva, porém, deixou alguns membros da comissão técnica preocupados.O mais tenso era o supervisor José Chimello, que não quis comentar sobre o assunto com os jogadores, temendo que a boa fase do time seja afetada pelos problemas fora de campo. O goleiro Júlio César, porém, falou sobre o impeachment de Edmundo."É uma situação delicada para o Flamengo e novamente está se repetindo a disputa entre oposição e situação", afirmou Júlio César. O jogador fez questão de frisar que não cabe aos atletas discutirem o assunto e sim o trabalho dentro de campo. "Temos que pensar nos jogos e vencer. Provavelmente vamos conversar com a comissão técnica para que a equipe não seja prejudicada", disse o goleiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.