Alexandre Vital/Flamengo
Alexandre Vital/Flamengo

No Fla, Arrascaeta e Everton Ribeiro confiam em bom retrospecto em BH

Agora no time rubro-negro, meias se destacaram no Cruzeiro, rival do Atlético-MG, adversário deste sábado

Redação, Estadão Conteúdo

17 de maio de 2019 | 20h29

Sem poder contar com Diego, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Abel Braga deve escalar Arrascaeta e Everton Ribeiro como meias do Flamengo para o confronto diante do Atlético-MG, neste sábado, às 19 horas, no Independência, em Belo Horizonte, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Ex-jogadores do Cruzeiro, os atletas têm boas lembranças da capital mineira.

Everton Ribeiro foi destaque do Cruzeiro nas conquistas dos títulos do Brasileirão em 2013 e 2014. "Sempre bom voltar a Belo Horizonte. Já vivi grandes momentos com a camisa do Cruzeiro. Espero fazer um bom trabalho e ajudar a nossa equipe. O Atlético-MG é uma equipe que conhece o campo, agressiva, tem jogadores de qualidade. Temos que ficar atentos a todo momentos para não sermos surpreendidos", afirmou Everton Ribeiro.

O uruguaio Arrascaeta marcou seis gols pelo Cruzeiro em clássico contra o Atlético-MG. No Campeonato Mineiro do ano passado, fez gols nos dois jogos decisivos e foi o destaque do título estadual.

"O Atlético é um time muito bom, que começou muito bem o Brasileiro e sempre é um adversário complicado, mas acho que temos condições de conseguirmos a vitória e somarmos mais três pontos na classificação", disse o uruguaio, que viu Diego fazer boas apresentações contra Peñarol, pela Copa Libertadores, e diante da Chapecoense, na última rodada do Brasileiro no fim de semana passado, ameaçando a sua titularidade.

O Flamengo é o sétimo colocado na classificação da competição nacional, com sete pontos. Soma duas vitórias, um empate e uma derrota. Em caso de vitória, o time carioca ultrapassa o Atlético-MG, que está em quarto lugar com nove pontos, e entrará na briga pela liderança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.