No Flamengo, Abel Braga dá bronca geral

Durou 16 minutos a bronca do técnico Abel Braga nos jogadores do Flamengo. Tudo por causa do empate com o CRB, por 4 a 4, na noite de quarta-feira, pela Copa do Brasil. O Rubro-Negro vencia por 3 a 1 e acabou deixando o adversário virar o marcador. Na conversa, somente o treinador falou enquanto todo o elenco apenas escutava. "Falei o que tinha de dizer. Ressaltei o que gostei e o que não gostei no jogo. O pessoal entendeu e espero que tal fato não se repita", disse Abel. O goleiro Júlio César, porém, chegou 12 minutos depois. Ele conversou com o treinador em separado e, de repente, começou a chorar. O atleta não quis conversar com os jornalistas. Abel não quis entrar em detalhes, contando apenas que "problemas particulares" foram o motivo do atraso do jogador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.