No Flu, Sóbis quer acabar com jejum contra Grêmio

Formado nas categorias de base do Internacional e herói da conquista da Libertadores, Rafael Sóbis reencontrará no domingo um adversário conhecido. Agora no Fluminense, o atacante vai encarar o Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o jogador entrará em campo com a intenção de encerrar o jejum de nunca ter feito gols contra o time gaúcho.

AE, Agência Estado

13 de agosto de 2011 | 15h17

"O Grêmio é um dos poucos times que não consegui marcar. Ficou esse gostinho, mas a oportunidade está ai e espero conseguir marcar. Em Gre-Nais, acho que em 90% dos jogos eu fui vencedor e os que eu perdi foram em algum mata-mata, mas mesmo assim passei de fase. A lembrança é boa e espero que siga assim", afirmou.

Rafael Sóbis, porém, ressalta que o mais importante será superar o Grêmio. "Cada jogo tem sua história. No tempo que joguei contra o Grêmio sempre me dei muito bem, saí vencedor. Espero seguir assim, hoje com as cores do Fluminense. Independente da circunstância, marcar seria bom, mas o principal é a vitória", disse.

Apesar do Grêmio estar apenas na 16ª colocação no Campeonato Brasileiro, Rafael Sóbis não acredita que o Fluminense terá facilidades em Porto Alegre. "Eles têm uma torcida que comparece e ajuda bastante. A intensidade que eles colocam no Olímpico, todos os times sofrem muito pra jogar e temos que estar preparados. Eles têm agora o Celso Roth, que é um treinador que gosta muito de intensidade e temos que ir preparados pois vai ser um jogo muito duro", comentou.

Assim, o atacante do Fluminense prevê um duelo interessante, até pelas boas condições do gramado do Estádio Olímpico. "Pelo que conheço do Olímpico, é um dos melhores campos do Brasil, talvez o melhor. A não ser que chova o dia inteiro e muito forte para o campo ter algum problema. Caso não, o jogo vai acontecer naturalmente".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.