No Juventude, brilha estrela de Michel

O Juventude enfrentava dificuldades contra o Coritiba, domingo, no Estádio Alfredo Jaconi, pelo Campeonato Brasileiro. Até a metade do segundo tempo, a equipe visitante havia criado mais chances de gol, mas sem aproveitá-las. Foi aí que brilhou a estrela do atacante Michel, do Juventude. Em um minuto, entre os 23 e os 24, ele decidiu a partida, com lances bem ao seu estilo. No primeiro, recebendo um lançamento de Hugo, Michel invadiu a área e chutou sob o goleiro Fernando, do Coritiba, abrindo o placar. Um minuto depois, ele recebeu outro lançamento de Hugo. Desta vez, entrou na área e passou para Gustavo marcar o segundo gol. Depois, o Coritiba descontou, mas o Juventude havia garantido três pontos importantes. Segunda-feira, Michel lembrou que é um jogador de velocidade e força. Talvez por isso, sujeito a muitos erros, o que provoca uma divisão da torcida, sendo amado por alguns e odiado por outros. "O técnico Cristóvão Borges diz para eu tentar sempre a jogada. Posso errar uma, duas ou mais vezes, mas dali a pouco vou lá e faço o gol", afirma. Por seu estilo, Michel diz que precisa de confiança para tentar as jogadas. "O técnico tem dado liberdade para que eu possa me movimentar bastante. No segundo tempo do jogo de domingo, não precisei marcar os jogadores adversários e tive melhores condições para avançar", conta. Lançado no time profissional do Juventude em 2000, Michel teve momentos difíceis. Nos primeiros jogos, era alvo de muitas vaias, pois o seu futebol não parecia produtivo. Em 2001, melhorou um pouco, mas ainda ficou longe de ser reconhecido. Nesse período, oscilou entre o ataque e o meio-campo. O grande ano de Michel foi 2002, quando o técnico Ricardo Gomes o colocou na meia esquerda, como um ala. Ele teve atuações brilhantes e passou a ser cotado para transações ao exterior. Com contrato até o final do ano, o atacante começa a receber algumas propostas. Mas prefere esperar um pouco mais antes de definir a renovação ou sair para outro clube. Michel é uma das chamadas pratas da casa do Juventude, clube onde chegou com 17 anos, para a equipe juvenil. Antes, quando tinha 16 anos, ele atuou no Fernandópolis, onde disputou a Série A-3 do Paulistão, no time profissional. Ficha técnicaNome: Michel Neves Dias Data de nascimento: 20/4/82 Naturalidade: São Paulo Altura: 1,79m Peso: 72kg Onde começou: nas categorias de base do Juventude. Se profissionalizou em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.