Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

No lançamento de museu, Pelé defende o trabalho de Dunga

Rei do Futebol diz que técnico tem suas convicções e que Ronaldinho demorou para voltar a jogar bem

estadao.com.br,

02 de março de 2010 | 19h02

Apesar de desejar as convocações de Ronaldinho Gaúcho e Neymar, Pelé defendeu o trabalho do técnico Dunga na seleção brasileira, nesta terça-feira, durante lançamento do projeto de construção do Museu Pelé, em Santos.

 

Veja também:

linkSeleção vence a Irlanda em amistoso por 2 a 0

 forum BLOG BATE-PRONTO - Dunga cala os críticos   

 

"O Ronaldinho só voltou a jogar bem agora", afirmou Pelé. "Gostaria de ver o Neymar também na convocação, pois eu também disputei uma Copa jovem. Mas o Dunga não vai mudar o seu conceito. Ele garantiu a classificação do Brasil para a Copa e ainda conquistou títulos."

A seleção brasileira disputou um amistoso contra a Irlanda nesta terça-feira e venceu por 2 a 0, em duelo na Inglaterra. Na Copa do Mundo, o Brasil terá como adversários em seu grupo Portugal, Coreia do Norte e Costa do Marfim.

Com relação ao museu, este será construído em parceria com a Vivo, que investirá R$ 800 mil. O projeto prevê a utilização de uma área de 3.200 metros. O museu vai abrigar peças do acervo público e do próprio jogador, além de um monumento projetado por Oscar Niemeyer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.