No Maracanã, Botafogo e Flamengo empatam por 1 a 1

André Santos abre o placar aos 12 minutos do primeiro tempo e Edilson empata no mesmo minuto na segunda etapa

TIAGO ROGERO, Agência Estado

26 de setembro de 2013 | 00h12

RIO - Botafogo e Flamengo empataram por 1 a 1, nesta quarta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Com isso, quem ganhar a próxima partida - só daqui a quase um mês, em 23 de outubro - leva a vaga nas semifinais; como os dois jogos serão no Maracanã, não há o chamado gol "qualificado", já que ambas as equipes atuarão em casa.

Cada tempo foi de domínio de um time. Melhor na primeira etapa, o Flamengo abriu o placar aos 12 minutos com André Santos e poderia ter marcado mais. O Botafogo voltou melhor para a segunda parte do jogo e, tal como o rival, marcou aos 12 com Edílson e chegou perto de um novo gol. Antes da partida, o até então interino Jayme de Almeida foi efetivado como técnico do Flamengo até o fim do ano.

"O Botafogo teve mais volume no segundo tempo, infelizmente eles conseguiram o gol, mas nosso time foi bem. O resultado foi justo", disse o atacante Hernane, do Flamengo. "Conseguimos empatar o jogo e deixamos aberto para a segunda partida", disse o lateral-direito botafoguense Edílson.

O JOGO

O Flamengo começou com mais volume de jogo e logo no primeiro minuto teve uma boa chance com Hernane, que chutou rasteiro de fora da área; a bola passou perto e saiu. Não demorou até sair o gol do time rubro-negro: aos 12, após cruzamento na área, Paulinho se esticou e conseguiu o passe para André Santos, na pequena área, que desviou de cabeça para marcar.

Por alguns minutos, o Botafogo deu mostras de que também iria chegar próximo do gol do rival, mas não conseguiu converter a posse de bola em lances de perigo. O Flamengo retomou o domínio e por pouco não marcou o segundo, em chances de Leonardo Moura, Luiz Antonio e Carlos Eduardo. O goleiro Jefferson fez boas defesas para garantir que a bola não entrasse mais uma vez.

No segundo tempo, o jogo foi outro. O Botafogo se parecia mais com aquele que tem disputado as primeiras posições do Campeonato Brasileiro. E o Flamengo assistiu. Também aos 12 minutos, o gol de empate: após boa troca de passes, Hyuri tocou para Edílson, que tentou o cruzamento rasteiro; a bola bateu em Samir e entrou no gol.

O time alvinegro continuou criando. Aos 18 minutos, Rafael Marques acertou belo chute e Felipe fez ótima defesa. Seedorf chutou em cima de Felipe minutos depois. O jogo então ficou morno e, nos minutos finais, as duas equipes pareciam satisfeitas com o empate. Ou evitavam se arriscar para não levar o segundo gol.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 x 1 FLAMENGO

BOTAFOGO - Jefferson; Edílson, Dankler (Lucas Zen), Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro (Alex), Seedorf e Hyuri (Octávio); Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

FLAMENGO - Felipe; Léo Moura, Wallace, Samir e João Paulo; Amaral, Luiz Antonio, Carlos Eduardo (Rafinha) e André Santos (Cáceres); Paulinho (Gabriel) e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida.

GOLS - André Santos, aos 12 minutos do primeiro tempo; Edílson, aos 12 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Julio Cesar e Edílson (Botafogo); André Santos (Flamengo).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

RENDA - R$ 1.178.520,00.

PÚBLICO - 27.364 pagantes.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilBotafogoFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.