No Milan, Luis Fabiano promete se comportar

Depois do ótimo desempenho no amistoso da seleção contra a Hungria (marcou dois gols) e a boa campanha do São Paulo na Libertadores, o atacante Luis Fabiano começa a preparar sua saída para o futebol europeu, mais especificamente para a Itália. Em entrevista publicada neste sábado pelo jornal Gazzetta dello Sport, a intenção do brasileiro é clara. Diz que quer jogar no Milan, ao lado de Kaká. E para isso, prometeu até mesmo se comportar direito. Na entrevista, o atacante diz que hoje está mais amadurecido e que o tempo em que arrumava confusão dentro e fora de campo ficou para trás. ?O meu desejo é jogar ao lado de Kaká, como fizemos na seleção e onde nos entendemos perfeitamente?, disse o jogador ao jornal. O diário italiano considera Luis Fabiano um jogador muito talentoso, mas problemático. O brasileiro se defende.?Sei que para fazer sucesso na Europa eu tenho de me comportar de forma profissional?, disse. ?Dentro de pouco tempo vou ser pai de uma menina e hoje me sinto muito mais responsável. Na vida, cedo ou tarde, chega o momento de crescer´´, argumentou. A diretoria do Milan admite que vem acompanhando o desempenho de Luis Fabiano já há algum tempo, mas o vice-presidente Adriano Galliani garante que não há nenhuma negociação em curso. ?Trata-se de um jogador importante, mas por hora não faz parte dos nossos planos?, disse o dirigente. ?Mas é certo também que jamais podemos dizer jamais´´, acrescentou. Para ficar com Luis Fabiano, o Milan terá de se desfazer de um outro jogador extracomunitario e, neste caso, o sacrificado seria o também brasileiro, Roque Junior. Segundo o jornal Corriere dello Sport esse problema está sendo resolvido. O zagueiro estaria sendo negociado com um clube espanhol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.