Montagem: Bruno Cantiin/Atlético e Divulgação/Cruzeiro
Montagem: Bruno Cantiin/Atlético e Divulgação/Cruzeiro

Atlético-MG desafia pressão em clássico contra o tranquilo Cruzeiro

Mineirão recebe o confronto entre o ameaçado Oswaldo de Oliveira e o elogiado Mano Menezes

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2017 | 08h34

Em momentos totalmente distintos na temporada de 2017, Cruzeiro e Atlético Mineiro se enfrentam neste domingo no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, às 17 horas, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com objetivos bem diferentes.

+ Leonardo Silva treina e é relacionado para o clássico

+ Após ser poupado, Alisson volta ao Cruzeiro no clássico

Surpreendido pela Chapecoense na última rodada, em casa, o Atlético Mineiro não tem outra alternativa: mesmo com mando do Cruzeiro, precisa vencer o clássico para se manter com chances reais de se classificar à Copa Libertadores. A equipe, afinal, soma apenas 38 pontos e está quase tão distante dos sete primeiros colocados - que hoje garantem vaga na competição sul-americana - quanto da zona de rebaixamento.

"Conversamos entre nós, jogadores, e falamos que esse clássico é o jogo do ano, ainda mais nesse momento, logo depois de perdemos um jogo em casa. Então, veio na hora certa esse jogo contra o Cruzeiro e temos que fazer o resultado", cobrou o meia Valdívia. "No clássico você tem que mostrar, chutar de esquerda, de direita, de joelho, fazer alguma coisa, de qualquer forma, para que a equipe seja vencedora, ainda mais fazendo gol, que é bem melhor. Então, vai ser um grande jogo e espero fazer uma boa partida".

Se o cenário atleticano é complicado, o técnico Oswaldo de Oliveira pode ao menos ter um importante reforço: o zagueiro Leonardo Silva, afastado dos gramados desde o início do mês devido a uma lesão muscular na coxa esquerda. Plenamente recuperado, ele treinou nos últimos dias e pode ficar com a vaga de Felipe Santana. Outra mudança é a possível entrada do volante Adilson no lugar do suspenso Elias.

Enquanto o rival tem um jogo decisivo pela frente, o Cruzeiro está relativamente tranquilo para o restante da temporada. Foi, afinal, campeão da Copa do Brasil e já assegurou vaga na Copa Libertadores. E, mais importante ainda, renovou na última sexta-feira com o técnico Mano Menezes por mais duas temporadas, o que pode antecipar o planejamento para 2018.

Na quinta posição com 47 pontos, contudo, o elenco cruzeirense promete foco no clássico para se reabilitar da derrota para o Coritiba, na última quarta-feira, fora de casa. "Temos jogos importantes pela frente e domingo é um deles. A gente vai fazer de tudo para voltar a vencer e espero que seja nesse domingo. Nosso torcedor dentro do Mineirão é importante, dando sempre o incentivo", destacou o goleiro Fábio.

Para o clássico, aliás, o Cruzeiro terá os importantes retornos do zagueiro Murilo e do meia-atacante Alisson. "O Alisson está dentro. A questão de Murilo era porque ele estava entre jogadores do setor que estavam com dois amarelos", explicou Mano Menezes. "Mas é provável que volte no clássico".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.