Gilvan de Souza| Divulgação
Gilvan de Souza| Divulgação

No Pacaembu, Flamengo continua sua perseguição ao líder

Rubro-negro joga como mandante em São Paulo pela terceira vez no ano e vai para o ataque contra o Santa Cruz

Thiago Rabelo, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2016 | 07h00

Ainda na espera da liberação do Maracanã, o Flamengo terá o Pacaembu, em São Paulo, como estádio para enfrentar o Santa Cruz, hoje, às 17h. Será a terceira vez na temporada que o time do Rio de Janeiro mandará um jogo no Pacaembu – um empate sem gols com o Fluminense, pelo Campeonato Carioca, e vitória sobre o Figueirense, por 2 a 0, pelo Brasileirão, ambas com público superior a 28 mil torcedores são os retrospecto.

Com a expectativa de ter o Maracanã para o jogo contra o Corinthians, dia 23, o confronto deve ser o último da fase itinerante, que também teve os estádios Mané Garrincha, em Brasília, Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e Kleber Andrade, em Cariacica, como opções.

Sem Guerrero, que está com a seleção peruana, e Leandro Damião, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o titular do ataque será Felipe Vizeu. Convocado para a seleção brasileira Sub-20, o jogador foi liberado do quadrangular de seleções, no Chile, para defender o rubro-negro contra o Santa Cruz.

No gol, Alex Muralha está com a seleção brasileira principal e desfalca o time. O substituto será Paulo Victor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.