Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

No Palmeiras, Felipão tenta conter euforia nas rodadas finais

A cinco jogos do fim do Brasileirão, alviverde está cinco pontos acima do Inter, vice-líder

O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2018 | 05h00

Nas próximas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras encara times que não estão bem na tabela de classificação, sendo que três deles estão na zona do rebaixamento: Fluminense, Paraná, América-MG, Vasco e Vitória, nesta ordem. 

Por isso, deixar Belo Horizonte com uma boa vantagem para o Internacional era crucial, dentro do planejamento palmeirense. Agora, além de trabalhar com os jogadores dentro de campo, Felipão terá de conter a euforia da torcida e impedir que o clima de “já ganhou” tome conta do experiente vestiário palmeirense. 

“São 15 pontos em disputa. Fácil? Se isso é fácil, prefiro outro tipo de facilidade”, afirmou Scolari. 

O volante Felipe Melo confirmou que existe um clima natural de ansiedade entre os atletas nos jogos finais, mas rechaçou qualquer tipo de atitude que possa relaxar o rendimento do time e desrespeitar os adversários. 

“Claro que existe a ansiedade para conquistar um título que vai fazer você ficar marcado na história do clube. A cada jogo que passa, você fica mais ansioso. Ansiedade, porém, com pés no chão. Clima de ansiedade não tem nada a ver com clima de já ganhou”. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.