Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

No Palmeiras, Marcos Rocha e Mayke preocupam Luxemburgo para duelo com o Guarani

Laterais se reapresentaram com problemas físicos e Gabriel Menino pode ser improvisado na direita

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de fevereiro de 2020 | 20h29

A semana começou com o técnico Vanderlei Luxemburgo preocupado com dois laterais-direitos do elenco. Marcos Rocha e Mayke continuam em recuperação no departamento médico, não treinaram na reapresentação do grupo nesta segunda-feira e podem desfalcar o time no jogo com o Guarani, na quinta, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista.

Marcos Rocha ainda reclama de dores de uma pancada no tornozelo direito e Mayke está com um incômodo no calcanhar esquerdo. A opção de Luxemburgo é escalar Gabriel Menino, que é meio-campista, improvisado. Não à toa, o técnico já conversou com o garoto no treino desta segunda-feira.

Os titulares fizeram trabalho regenerativo na parte interna da Academia de Futebol. Os reservas e aqueles jogadores que atuaram menos de 45 minutos trabalharam no gramado, em uma atividade em campo reduzido com poucos toques na bola.

A novidade foi o retorno de Dudu. O atacante cumpriu suspensão na vitória sobre o Mirassol, no último domingo, e agora fica à disposição de Luxemburgo para enfrentar o Guarani. A partida de quinta-feira será especial para o jogador que vai completar 300 jogos pelo Palmeiras.

Dudu soma 299 jogos e 69 gols. A estreia foi no dia 25 de janeiro de 2015, em amistoso contra o Red Bull Brasil, no Allianz Parque. O atacante entrou no segundo tempo no lugar de Allione na vitória por 3 a 2. Pelo clube, ele conquistou os títulos da Copa do Brasil de 2015 e do Campeonato Brasileiro, em 2016 e 2018.

O colombiano Angulo também não treinou no campo nesta segunda-feira porque continua no processo de transição física. Ramires cumpriu seu cronograma de tratamento na fisioterapia.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.