No Palmeiras, ninguém é dono de camisa

Com todos os jogadores em condições de atuar contra o Anapolina no sábado, a temporada de caça a uma vaga no time titular do Palmeiras foi oficialmente aberta. A disputa promete ser acirrada especialmente entre os atacantes, meias e zagueiros que, segundo Jair Picerni, serão avaliados ?pelo critério campo e resultado? na Série B do Campeonato Brasileiro. Partindo deste princípio, estão em vantagem os jogadores que estão atualmente na equipe, uma vez que o Palmeiras está invicto há oito jogos. Mas isso não tira a motivação do zagueiro Leonardo, que aguarda ansioso por uma chance de reconquistar espaço. ?Ninguém é titular absoluto. Nem mesmo o Marcos?, argumenta o defensor. Leonardo mostrou respeito ao concorrente direto por uma vaga no time principal. ?O Alceu é um grande jogador e tem sido uma luta equilibrada?, observa. ?Quem vai resolver isso (definir o titular contra o Anapolina) é o Picerni e a decisão tomada será bem aceita.? O sinal de alerta do meia Diego Souza está ligado. O jogador sente que, se foi substituído por Pedrinho nos últimos dois jogos, é porque seu rendimento não está sendo o ideal. ?Procuro correr o máximo, mesmo quando não estou bem tecnicamente. Mas sei que não é só vontade, a gente tem de mostrar técnica em campo?, avalia o jogador. A definição do titular, segundo Diego Souza, deve acontecer nos próximos treinos e a expectativa é de ser mantido no time principal. O meia garante que sua disputa com Pedrinho é sadia e entre os dois existe uma relação de amizade. ?Sei que quando estou em campo ele torce por mim?, diz o jogador, que garante retribuição caso a situação se inverta. Assim como Leonardo, Diego sente que não há titular absoluto no Palmeiras. ?Então a gente tem de ficar esperto.? Outra briga que promete ser acirrada está no ataque. Na última partida, Muñoz substituiu Thiago Gentil e há uma grande expectativa sobre qual será a opção de Jair Picerni contra o Anapolina. Em situação mais tranqüila está Vagner, atual artilheiro da Série B. Para o jogador, que recentemente assinou contrato com a Adidas, o melhor marketing são os gols.

Agencia Estado,

08 de julho de 2003 | 19h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.