Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

No Palmeiras, Roger Machado não quer saber de acomodação da equipe

Treinador prega respeito ao Novorizontino mesmo após vitória por 3 a 0 fora de casa; só desastre em campo tira o time das semifinais do Paulistão

Glauco de Pierri, O Estado de S.Paulo

17 de março de 2018 | 22h16

Mesmo com a vitória do Palmeiras por 3 a 0 em cima do Novorizontino, fora de casa, na noite deste sábado, o técnico Roger Machado não quer saber de acomodação no Alviverde. O resultado no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista foi elástico, mas o treinador enxergou qualidades na equipe do Interior.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Paulista

+ Na estreia de Aguirre, São Paulo perde para o São Caetano nas quartas do Paulistão

“(Precisamos de) humildade para reconhecer que o adversário tem virtudes. Poderíamos estar classificados se fosse um jogo só. Tivemos uma estratégia perfeita. No momento em que sofremos um pouco defensivamente, matamos o jogo. Respeito ao adversário sempre, temos que entender que não tem nada definido”, disse o técnico do Palmeiras aos jornalistas nos vestiários do estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte. 

O Novorizontino fez bom jogo, perdeu algumas oportunidades claras de gol e em alguns momentos da partida, o Palmeiras parecia apático, indiferente, numa postura semelhante ao mostrada na derrota para o Corinthians por 2 a 0 na arena alvinegra, em jogo válido pela primeira fase do Paulistão. Roger explicou que fez mudanças para evitar o ‘ar blasé’. “Troquei os jogadores que cansaram porque deixamos de pressionar. Precisávamos meter pressão para evitar que a bola circulasse de um lado para o outro como aconteceu em alguns momentos da partida”, disse o técnico. 

Só um desastre em campo tira a vaga do Palmeiras nas semifinais do Paulista. O time pode até perder por 2 a 0 que estará classificado e se perder por 3 a 0, vai definir a classificação nos pênaltis. “Isso ai é justamente o que a gente não deseja passar ao vestiário, de que a classificação está efetuada. Tem outro jogo, jogo difícil. Claro que temos vantagem importante, mas foi a primeira disputa de dois jogos”, comentou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.