No penúltimo lugar do Campeonato Espanhol, Levante demite técnico

José Mendilibar teve seu contrato rescindido com a equipe de Valência após goleada por 5 a 0 sofrida diante do Real Madrid

Estadão Conteúdo

21 de outubro de 2014 | 09h53

Um dia depois de o lanterna Córdoba anunciar a demissão do seu técnico, o Levante, atual penúltimo colocado do Campeonato, confirmou nesta terça-feira a saída do treinador Jose Mendilibar. Ele se tornou assim o segundo comandante a perder o seu cargo durante esta edição da competição nacional, que acaba de completar oito rodadas de disputa.

Ex-técnico de Osasuna, Valladolid e Athletic Bilbao, Mendilibar acabou sendo mandado embora após a direção do clube de Valência convocar uma reunião de urgência, na qual foi decidida a rescisão do contrato do profissional de 53 anos de idade.

A derrota por 5 a 0 para o Real Madrid, sofrida em casa no último sábado, também pesou muito para a demissão de Mendilibar, que só conseguiu fazer o Levante acumular cinco pontos em oito jogos disputados, nos quais a equipe contabilizou uma vitórias, dois empates e cinco derrotas. Neste período, o time tomou 20 gols e marcou apenas quatro.

O Levante ainda não anunciou um substituto para o cargo, sendo que na última segunda-feira o Córdoba, que acumula somente quatro pontos no Espanhol, confirmou a saída do técnico Albert Ferrer, ex-jogador do Barcelona, e a chegada de Miroslav Djukic para assumir o comando do time.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.