Martin Mejia/AP
Martin Mejia/AP

No Peru, Atlético-PR perde do Sporting Cristal por 2 a 1

Time paranaense precisa de uma vitória por 1 a 0 para se garantir na fase de grupos da Libertadores

Agência Estado

30 de janeiro de 2014 | 00h09

LIMA - Não foi o resultado que desejava, mas pelo menos o confronto ainda está de pé. Nesta quarta-feira, o Atlético Paranaense foi derrotado pelo Sporting Cristal por 2 a 1, no estádio Nacional, em Lima, e tem de se dar por satisfeito por este placar no jogo válido pela rodada de ida da fase preliminar da Copa Libertadores. O time brasileiro foi pressionado, especialmente no segundo tempo, e poderia ter deixado o Peru em situação pior.

Com a derrota por 2 a 1, o Atlético joga por uma vitória por 1 a 0 ou por dois ou mais gols de diferença na quarta que vem, em Curitiba, para avançar à fase de grupos da competição continental. Um novo 2 a 1, para os brasileiros, levará a decisão para a disputa por pênaltis, mas um triunfo por 3 a 2, 4 a 3 em diante dará a vaga aos peruanos. Quem passar de fase terá como rivais o Vélez Sarsfield (Argentina), o The Strongest (Bolívia) e o Universitário (Peru).

O JOGO

Em seu primeiro jogo na temporada - um time sub-23 está disputando o Campeonato Paranaense sob o comando do ex-jogador Petkovic -, o Atlético parece ter sentido a falta de ritmo. O setor defensivo do time de Curitiba mostrou inúmeras deficiências e o gol só saiu no começo por causa de grandes defesas de Weverton.

O estreante técnico espanhol Miguel Ángel Portugal tentou consertar as coisas e o Atlético conseguiu criar algumas chances de gol. Mas ele saiu primeiro para o Sporting Cristal, aos 29 minutos. Ávilla recebeu na esquerda e bateu cruzado. A bola passou entre as pernas do goleiro atleticano e entrou.

Para o segundo tempo, o Atlético voltou do vestiário mais compacto e equilibrou as ações. Aos 9 minutos, Natanael invadiu a área pela esquerda e foi derrubado por Calcaterra. Éderson, artilheiro do Campeonato Brasileiro do ano passado, bateu com categoria e empatou.

O que os atleticanos não esperavam era um outro pênalti, desta vez para o Sporting Cristal. Aos 15 minutos, Lobatón foi derrubado na área por Manoel e ele mesmo fez o segundo dos peruanos. Com o gol, o time da casa tomou conta do jogo e exerceu enorme pressão nos visitantes, que foram salvos em várias oportunidades de gol perdidas pelos rivais.

FICHA TÉCNICA

SPORTING CRISTAL 2 x 1 ATLÉTICO-PR

SPORTING CRISTAL - Penny; Ortíz, Balbín, Delgado e Cossío; Calcaterra (De la Haza), Cazulo, Lobatón (Maximiliano Núñez) e Yotún; Ávila e Leguizamón (Junior Ross). Técnico: Daniel Ahmed.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Paulinho Dias, Manoel, Cleberson e Natanael; Deivid, João Paulo, Sueliton (Douglas Coutinho) e Zezinho (Fran Mérida); Marcelo (Nathan) e Ederson. Técnico: Miguel Ángel Portugal.

GOLS - Ávila, aos 29 minutos do primeiro tempo; Ederson (pênalti), aos 9, e Lobatón (pênalti), aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Yotún e Calcaterra (Sporting Cristal); Douglas Coutinho, Manoel, Paulinho Dias, Natanael e João Paulo (Atlético-PR).

ÁRBITRO - Enrique Osses (Fifa/Chile).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Nacional, em Lima (Peru).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.