Ana Luiza ROsa/Divulgação
Ana Luiza ROsa/Divulgação

No Recife, São Paulo enfrenta o Sport para ficar distante da zona de rebaixamento

Ricardo Gomes promove quatro mudanças na equipe para confronto no Recife

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2016 | 08h30

Atualmente na 14.ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, o São Paulo enfrenta o Sport, nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela 29.ª rodada, em um confronto direto para se afastar do fantasma do rebaixamento à Série B - os pernambucanos estão uma posição abaixo na tabela de classificação, com 33 - mas, como o G-4 se transformou em G-6 após uma mudança feita pela Conmebol para as vagas da Copa Libertadores, uma vitória terá dupla finalidade.

Depois da mudança no formato da competição continental, o time do técnico Ricardo Gomes agora surge com chances, pequenas, de obter a classificação. O clube do Morumbi está sete pontos atrás do Atlético Paranaense, hoje o sexto colocado. Antes disso, o São Paulo tinha de tirar uma diferença de 13 pontos para o Santos, o quarto.

"Independentemente de G-6 ou G-4, o ânimo tem que ser o mesmo porque estamos devendo muito neste Campeonato Brasileiro. Não podemos pensar em G-6 porque faltam sete pontos para eles, mas só quatro para a zona de rebaixamento", afirmou o zagueiro Maicon.

As chances de cair subiram depois da última rodada - Coritiba e Vitória ultrapassaram a equipe paulista. "Com três pontos vamos ficar mais confortáveis", completou Maicon, que volta à equipe no lugar do uruguaio Diego Lugano. O São Paulo terá outras três mudanças, já que Cueva e Mena estão na seleção peruana e chilena, respectivamente, e Wesley cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

A tendência é que Jean Carlos, contratado junto ao Vila Nova, de Goiás, tenha a oportunidade de entrar no meio de campo. "Espero pela oportunidade desde a minha chegada. Me recuperei bem, estou preparado e não vejo a hora de poder estrear. Se tiver a chance, vou agarrar da melhor maneira possível. Espero por um momento assim desde o começo, e por isso estou concentrado para iniciar bem a minha trajetória no clube caso seja utilizado", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.