Rogério Capela/ Especial para o Guarani FC
Rogério Capela/ Especial para o Guarani FC

No reencontro com a torcida, Guarani bate Londrina e encosta no G-4 da Série B

Mais de 1.300 pessoas acompanharam a vitória bugrina, por 3 a 0, no Brinco de Ouro

Redação, Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2021 | 19h23

O Guarani presenteou o torcedor que retornou ao estádio Brinco de Ouro da Princesa depois de 589 dias com uma boa vitória sobre o Londrina, por 3 a 0, na tarde deste sábado, pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o fim de um jejum de três jogos, o Guarani entrou novamente na briga pelo acesso, com 45 pontos, três a menos que o Goiás, primeiro do G-4, a zona de acesso à primeira divisão. Já o Londrina perdeu a chance de deixar a zona de rebaixamento e estacionou nos 30 pontos, em 17º lugar.

O começo do primeiro tempo parecia um treino de ataque contra defesa. O Guarani pressionou o Londrina e teve uma grande oportunidade aos 20 minutos. Régis recebeu na entrada da área, cortou um zagueiro e bateu no canto. Dalton espalmou para escanteio.

Depois do susto, o visitante conseguiu acertar a marcação e quase abriu o placar na sua primeira chegada no ataque. Zeca dominou cruzamento de Roberto, cortou Thales e na hora de chutar foi travado por Rafael Martins. Já nos acréscimos, no contra-ataque, Bruno Sávio chutou em cima de Dalton.

O Guarani voltou com outra postura do intervalo e, depois Dalton defender chute de Bruno Sávio, abriu o placar aos dez minutos. Sávio cruzou, Diogo Mateus ajeitou de cabeça e Júnior Todinho apareceu dentro da pequena área para completar de peixinho.

O gol fez o Londrina sair mais e o empate só não veio em chute de Marcelinho porque Rafael Martins espalmou para escanteio. Cansado, o Guarani tinha dificuldades para criar e viu Luis Henrique assustar em finalização por cima do travessão.

Aos 39 minutos, Allan Victor foi derrubado por Matheus Bianqui dentro da área e o árbitro assinalou pênalti para revolta dos jogadores do Londrina, que pediram mão de Bruno Sávio na origem do lance. O camisa 11 cobrou no meio do gol e marcou o segundo gol.

E ainda teve tempo para mais um gol do Guarani. Aos 46 minutos, Allan Victor recebeu nas costas da zaga e cruzou rasteiro para Pablo, que havia acabado de entrar, só completar de chapa de pé.

Os dois times fazem confrontos diretos na 30.ª rodada. O Guarani enfrenta o CRB, às 19 horas de sexta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), e o Londrina joga contra o Operário, às 18h30 do sábado, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR).

FICHA TÉCNICA:

GUARANI 3 x 0 LONDRINA

GUARANI - Rafael Martins; Diogo Mateus, Thales, Carlão e Bidu; Bruno Silva (Tony), Rodrigo Andrade e Régis (Andrigo); Bruno Sávio (Pablo), Júnior Todinho (Índio) e Júlio César (Alan Vitor). Técnico: Daniel Paulista.

LONDRINA - Dalton; Matheus Bianqui, Marcondes, Saimon e Eltinho; João Paulo, Tárik (Gegê) e Marcelo Freitas (Mossoró); Roberto (Luis Henrique), Zeca (Gabriel Ramos) e Marcelinho. Técnico: Márcio Fernandes.

GOLS - Júnior Todinho, aos dez, Bruno Sávio, aos 42 e Pablo aos 46minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bruno Silva e Rodrigo Andrade (Guarani); Marcelo Freitas, Saimon, João Paulo e Zeca (Londrina).

ÁRBITRO - Léo Simão Holanda (CE).

RENDA - R$ 31.210,00.

PÚBLICO - 1.307 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.