No retorno aos Aflitos, Grêmio vence de novo o Náutico

Time gaúcho ganha mais uma vez no estádio pernambucano e chega à vice-liderança da Série A

Angela Lacerda, especial para o Estadão,

25 de julho de 2007 | 23h05

Em seu retorno ao Estádio dos Aflitos, dois anos após o famoso jogo onde garantiu o retorno à Série A, o Grêmio mais uma vez venceu o Náutico, mas agora por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro. Agora com 24 pontos, o time tricolor gaúcho está apenas um ponto no líder Botafogo, que tem 25. Mais uma vez, para o time pernambucano, o resultado é péssimo: empurra a equipe para a última posição na classificação, com apenas dez pontos, junto com o América-RN. Veja também: A classificação da Série AO primeiro gol do jogo foi marcado por Tuta, aos 30 minutos do primeiro tempo. Ele cabeceou no canto esquerdo de Eduardo uma bola cruzada por Tcheco. O segundo, por Carlos Eduardo, acabou de vez com as esperanças do time da casa de conseguir ao menos um ponto, aos 38 minutos do segundo tempo, em outro contra-ataque.Até o primeiro gol, o Náutico disputava bem a partida, tomando mais iniciativas de ataque do que o time gaúcho. Chegou a reclamar da arbitragem que não teria marcado pênalti em Acosta, derrubado na entrada da área. Ignorado pelo árbitro paulista Sálvio Spínola, os pernambucanos tentaram a vitória a todo custo, mas abriram espaços na defesa, principalmente após o primeiro gol adversário. Aos 45 do primeiro tempo, Ferreira desperdiçou uma boa chance de empatar. Recebeu bola trabalhada por Sidny e Acosta e chutou rente à trave.A pressão do Náutico se manteve no segundo tempo, mas o time não conseguiu concretizar algumas boas chances surgidas na partida. Já o Grêmio, que se mantinha na retranca, com forte marcação, aproveitou eficientemente os contra-ataques. Após o gol de Carlos Eduardo não houve mais o que fazer para o Náutico, que acumula sua oitava derrota. NÁUTICO 0 x 2 GRÊMIONáutico - Eduardo; Onildo (Felipe), Toninho     e Breno; Sidny, Elicarlos, Tales     (Daniel Sobralense), Júlio César e Daniel Paulista; Acosta e Ferreira. Técnico: Roberto Fernandes.Grêmio - Saja; Patrício, William, Thiego e Itaqui (Léo); Gavilan, Adílson    , Diego Souza e Tcheco; Carlos Eduardo (Kely) e Tuta. Técnico: Mano Menezes.Gols - Tuta, aos 30 minutos do primeiro tempo; Carlos Eduardo, aos 38 minutos do segundo tempo.Árbitro - Sálvio Spínola Fagundes Filho (SP).Público e renda - Não disponíveis.Local - Estádio dos Aflitos, em Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.