Ricardo Duarte/ SC Internacional
Ricardo Duarte/ SC Internacional

No retorno de Guerrero, Inter vence Ypiranga e entra no G-4 do Gauchão

Com o resultado, equipe colorada tira o Grêmio dos grupos dos quatro primeiros; líder é o São Luiz

Redação, Estadão Conteúdo

14 de março de 2021 | 22h29

Em jogo que marcou o retorno de Paolo Guerrero, após 210 dias longe do gramado, o Internacional derrotou o Ypiranga por 4 a 2, na noite deste domingo, no estádio Beira-Rio, pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho. De quebra, acabou entrando no G-4.

Com o resultado, o Inter subiu para a terceira colocação e tirou o arquirrival Grêmio do G-4. O time colorado tem sete pontos, contra nove do São Luiz, e sete de Ypiranga e Caxias. O São Luiz assumiu a ponta ao derrotar o Novo Hamburgo por 2 a 0, também na noite deste domingo. Já o São José deixou a zona de rebaixamento ao derrotar o Aimoré por 1 a 0.

Com Thiago Galhardo e Paolo Guerrero como opções no banco de reservas e Danilo Fernandes como principal novidade no time titular, o Inter, do técnico Miguel Ramírez, começou pressionando o Ypiranga e precisou de cinco minutos para abrir o placar. Rodinei recebeu pela direita e cruzou para Yuri Alberto. O atacante dominou e estufou as redes.

A resposta do Ypiranga foi imediata. Jean Silva arriscou de longe, mas Danilo Fernandes evitou o gol. O time visitante ainda perdeu uma chance incrível com Clayton. Ele recebeu de Zé Mario, saiu de frente para Danilo Fernandes, mas mandou para fora.

Da arquibancada, Ramírez gesticulava muito e passava as informações para Osmar Loss, que repassava para o auxiliar Martín Anselmi, responsável por comandar o Inter dentro de campo, uma vez que na súmula estava o nome do ex-corintiano que aparecia como treinador. Mas não foi suficiente para impedir que o Ypiranga marcasse aos 43 com Cristiano, após passe de Mossoró.

No segundo tempo, o Ypiranga voltou mais ligado e virou o jogo aos quatro minutos. Nonato falhou e viu a bola ficar com Caprini. Ele rolou para Mossoró, que acabou derrubado dentro da área por Praxedes, pênalti. Na cobrança, o mesmo Caprini chutou rasteiro para fazer 2 a 1.

O Inter saiu em busca do empate e acertou uma bola na trave com Yuri Alberto. O Ypiranga respondeu com Cristiano, que também acertou o poste. O time colorado, no entanto, foi mais eficaz e achou o empate aos 19 minutos. Em cobrança e escanteio de Edenilson, Zé Gabriel cabeceou para o fundo das redes.

Após o empate, Ramírez resolveu colocar em campo Thiago Galhardo e Guerrero, que voltou a campo após 210 dias. Com a dupla, o Inter foi com tudo para cima e teve um pênalti marcado em cima de Caio Vidal. Edenilson foi para a cobrança e deixou o seu. E ainda deu tempo de Patrick, depois de bela troca de passe, fechar a conta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.