Armando Babani/EFE
Armando Babani/EFE

No retorno do Alemão, Bayern de Munique bate Hoffenheim fora de casa

Com o resultado, os Bávaros alcançam os 39 pontos e ficam a apenas três do líder Borussia Dortmund

Redação, Estadão Conteúdo

18 Janeiro 2019 | 19h58

O Bayern de Munique conquistou três pontos importantes, nesta sexta-feira, ao derrotar o Hoffenheim, no campo do adversário, por 3 a 1, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Alemão. A competição retornou após 26 dias de recesso por causa do intenso inverno no país.

O primeiro tempo foi todo do Bayern de Munique. Apesar das várias oportunidades, o placar só foi aberto aos 34 minutos. Goretzka aproveitou o rebote do goleiro, após cabeçada de Lewandowski, para fazer 1 a 0.

Com a vantagem, o Bayern recuou e deixou a iniciativa para o Hoffenheim. O time da casa atacou e foi surpreendido no contra-ataque, aos 45 minutos. Após recuperar a bola em sua área, o Bayer atacou com seis jogadores e Goretzka, mais uma vez, empurrou a bola para dentro do gol de Baumann.

O segundo tempo começou mais agitado, com o Hoffenheim levando grande perigo para Neuer com seus jogadores brasileiros. O goleiro da seleção alemã agarrou bela finalização de Leo Bittencourt e depois defendeu chute cara a cara com Joelinton. Isso com menos de oito minutos jogados na etapa final.

E, de tanto tentar, o Hoffenheim chegou ao seu primeiro gol de uma forma muito parecida com o segundo gol do Bayern. Em um contra-ataque iniciado por Joelinton, Leo Bittencourt lançou Nico Schulz, que bateu com rapidez e surpreendeu Neuer: 2 a 1.

Empurrado pela torcida, o Hoffenheim pressionou e só não empatou porque Neuer fez uma grande defesa após cabeçada do húngaro Adam Szabi.

O castigo veio na jogada seguinte. James Rodríguez fez lindo lançamento para Müller, que bateu de primeira para a finalização de Lewandowski: 3 a 1.

Com o resultado, o Bayern alcançou os 39 pontos e ficou a apenas três do líder Borussia Dortmund, que joga neste sábado frente ao RB Leipzig.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.