Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

No Rio, Palmeiras começa campanha final para ser vice e receber R$ 31 milhões

Elenco traça agora como objetivo da temporada superar o Santos e terminar na segunda posição

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

28 de novembro de 2019 | 04h30

No primeiro jogo após a confirmação do Flamengo como campeão brasileiro, o Palmeiras enfrenta no Rio o Fluminense. O jogo é nesta quinta-feira, às 19h30. O time se diz motivado para ao menos superar o Santos na tabela de classificação e terminar como segundo colocado. Apesar do objetivo não animar em nada a torcida, ele pode render premiação de R$ 31,3 milhões paga pela CBF.

A meta de encerrar a temporada na melhor colocação possível fez o Palmeiras manter sua rotina nos últimos dias. Mesmo depois de a derrota no último domingo para o Grêmio, em casa, ter servido para dar o título antecipado ao Flamengo, o Palmeiras tem cobrado seriedade dos seus jogadores. Não quer saber de corpo mole. A equipe manteve a agenda de não dar entrevistas e de só realizar treinos fechados.

"Acho que quando você não é campeão, tem de lutar pela melhor posição na tabela. E depois do título, a melhor posição é a de segundo colocado. Temos de brigar por ela. Temos condições, vamos trabalhar para isso", disse o técnico Mano Menezes. O Palmeiras inicia a rodada com os mesmos 68 pontos do Santos, porém fica atrás do rival no critério de desempate de número de vitórias. O Santos ocupa a segunda colocação.

A busca pela premiação de R$ 31,3 milhões a ser entregue ao vice-campeão representa diferença grande em comparação à recompensa recebida ano passado. Como campeão, o Palmeiras ganhou cerca de R$ 18 milhões. O salto se explica principalmente pelo novo formato dos contratos de televisão. Caso termine a temporada na terceira posição, o valor embolsado será de R$ 29,7 milhões.

Para as quatro rodadas finais do Brasileirão, o Palmeiras tem como motivação, além da busca pelo vice, observar alguns atletas. Mano promoveu ao time principal nesta semana o garoto Gabriel Veron, de 17 anos, e deve analisar uma possível novidade na defesa. Com Gustavo Gómez machucado, é possível que Antônio Carlos ou Dracena ganhem chance. Os dois ainda não atuaram sob o comando do treinador. O atacante Luiz Adriano deve retomar a posição de titular depois de Borja não ter atuado bem no último domingo. No meio, o volante Felipe Melo está recuperado de lesão na panturrilha esquerda.

RISCO

O Fluminense tem uma responsalidade muito maior na partida. O equipe carioca luta para evitar o risco de rebaixamento. A vitória sobre o CSA, na segunda-feira, possibilitou a saída da zona de descenso. Para manter a sequência positiva, o clube fez promoção de ingressos a fim de lotar o Maracanã.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X PALMEIRAS

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Airton, Daniel e Ganso; Marcos Paulo e Yony González. Técnico: Marcão.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos (Edu Dracena), Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Zé Rafael e Luiz Adriano. Técnico: Mano Menezes.

Árbitro: Leandro Vuaden (RS)

Horário: 19h30

Local: Maracanã

Na TV: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.