Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

No Santos, Enderson Moreira escala Damião e Patito contra o Bahia

Em dez jogos sob seu comando, técnico testa décima formação no Santos; time tenta engatar a terceira vitória seguida no Brasileirão

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

09 de outubro de 2014 | 05h00

As ausências de Robinho (está com a seleção brasileira) e Aranha (lesionado) não tira a confiança do favorito Santos para conseguir contra o Bahia, às 19h30, na Vila Belmiro, a segunda sequência de três vitórias no Campeonato Brasileiro. A primeira foi obtida contra Bahia, Criciúma (ambas antes da Copa) e Palmeiras (após o recesso).


Nos três últimos jogos, os santistas derrotaram Goiás, Botafogo (partida pela Copa do Brasil) e Flamengo, os dois últimos disputados no Maracanã. Lucas Lima, que é considerado pelos companheiros o “motorzinho” do Santos, voltará ao time, após cumprir suspensão.


A surpresa de Enderson Moreira é a escalação de Patito Rodriguez no lugar de Robinho, com Gabriel na reserva. A decisão faz parte de seu estilo de “girar” o elenco, mudando seguidamente o time. A de hoje é a décima formação em dez partidas sob o comando de Enderson.



“O Patito tem entrado bem no time. Ele é um jogador com características diferentes. Temos bons velocistas e o Patito joga mais por dentro, um pouco mais como meia. Quando eu cheguei, avisei que todos os atletas iriam ter oportunidade e a dele chegou agora.”


Outra mudança é a volta de Leandro Damião. Caju entrará na lateral esquerda em substituição a Mena, que está com a seleção chilena, e Souza ficou com a vaga de Alison, convocado para a seleção olímpica.


Embora concorde que o Santos está em ascensão, Enderson alerta para o perigo que o Bahia representa, mesmo com o jogo sendo na Vila. “O confronto vai ser muito difícil. Com chegada do Gilson Kleina, o Bahia cresceu, tem a segunda melhor campanha do returno e vai bem em casa e como visitante.”


O problema do Bahia está fora de campo. O clima no clube é tenso. Os salários estão atrasados há dois meses e alguns jogadores começaram a reclamar publicamente da situação. “Claro que essa situação interfere no trabalho”, disse Kleina.


Polêmica. O ex-presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro fez ontem duras críticas a Leandro Damião. Ele chamou o jogador de “pangaré” e disse que Damião não vale os R$ 42 milhões investidos na sua contratação.


As palavras do ex-presidente causaram irritação no clube. O atual presidente, Odílio Rodrigues Filho, condenou o ex-companheiro de diretoria. “Todo jogador atravessa fases boas e ruins na carreira, mas, independente do momento que o atleta esteja passando, ele deve ser sempre respeitado como profissional e como pessoa, preservando-se acima de tudo sua dignidade humana, principalmente por dirigentes de futebol.”


Enderson, por sua vez, disse que respeita o que as pessoas afirmam, desde que elas respeitem as outras pessoas. “Independentemente das preferências técnicas de um ou de outro, o atleta tem de ser sempre respeitado como ser humano. Leandro Damião tem de ser respeitado em qualquer situação.”


As declarações de Luis Alvaro foram dadas no lançamento da candidatura de Fernando Silva à presidência. Silva foi superintendente do clube entre 2010 e 2011. Laor também pôs em dúvida o desempenho de Neymar no Mundial de 2011, contra o Barcelona. “O físico é essencial, mas a psique é muito mais. Como estaria a cabeça de vocês depois de receber um cheque de dez milhões de euros?”, afirmou, com base em documentos que comprovam que Neymar acertou sua ida para o Barça no início de 2011, antes da final do Mundial.


Ficha Técnica


SANTOS: Vladimir; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Caju; Souza, Arouca e Lucas Lima; Geuvânio, Leandro Damião e Patito Rodríguez. Técnico: Enderson Moreira.


BAHIA: Marcelo Lomba; Railan, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Uelliton, Rafael Miranda, Diego Macedo e E. Biancucchi; William Barbio e Kieza. Técnico: Gilson Kleina.


Juiz: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)


Local: Vila Belmiro, em Santos


Horário: 19h30


Na TV: Pay-per-view

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCBrasileirãoBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.