Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

No São Paulo, Souto revela mágoa e contrato mais longo

Volante critica postura dos dirigentes do Santos durante negociação e valoriza chegada no tricolor

AE, Agencia Estado

22 de janeiro de 2010 | 14h06

O volante Rodrigo Souto foi apresentado oficialmente nesta sexta-feira como novo reforço do São Paulo. O jogador, que deixou o Santos em uma troca envolvendo o também volante Arouca, assinou contrato com o clube do Morumbi até 31 de agosto de 2011.

Em sua apresentação oficial, Rodrigo Souto revelou que optou por assinar um período de vínculo maior com o São Paulo depois de ter rescindido o seu contrato com o Santos. O compromisso com o time da Vila Belmiro iria até dezembro de 2010, mas ele optou por romper o acordo após ficar magoado com a postura da diretoria santista durante o período de negociação para renovação do vínculo.

O Santos propôs a Rodrigo Souto uma redução de 50% de seu salário para que ele permanecesse no clube, fato que não foi aceito pelo jogador. "Na época das férias (os dirigentes do Santos) me chamaram para conversar e a maneira com a qual vieram tratar me deixou bastante triste... E graças a Deus veio essa proposta do São Paulo", afirmou Rodrigo Souto, em entrevista à TV Globo.

Na entrevista coletiva, Souto disse que o São Paulo será uma vitrine para a sua carreira. "Aqui foi diferente, e a visibilidade é maior do que no Santos. Tem a Libertadores, o clube é uma vitrine, e isso pesou bastante", reforçou.

O jogador também garantiu que poderá atuar no meio-campo ao lado de Hernanes, que na última quinta-feira afirmou que o novo reforço brigaria diretamente com ele por um lugar na equipe titular. "Dá para jogar junto com ele. Estou chegando para ajudar o grupo", ressaltou.

O técnico Ricardo Gomes também comentou nesta sexta-feira a contratação de Rodrigo Souto e afirmou que o atleta poderá jogar ao lado de Hernanes, lembrando que os dois volantes podem desempenhar funções diferentes em campo. "Eles podem jogar juntos. Todo mundo está brigando por posição. O Rodrigo é um excelente reforço", disse o treinador, após o treino realizado pela manhã.

Para ceder Souto ao São Paulo, o Santos acertou a contratação de Arouca por empréstimo até o final deste ano, quando o jogador terá de se reapresentar ao clube do Morumbi para definir o seu futuro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão PauloRodrigo Souto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.