No sufoco, CRB ganha em casa por 2 a 1 e deixa o Boa mais próximo da Série C

Confronto direto contra o rebaixamento mantém o time mineiro, lanterna da competição, próximo da queda

Estadão Conteúdo

03 Novembro 2018 | 18h58

O CRB não fez uma boa partida, mas neste momento o que importa é o resultado. Em um confronto direto, o time alagoano venceu o Boa por 2 a 1, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 34.ª rodada, e respirou na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B.

A vitória mantém o CRB na 16.ª colocação com 38 pontos, três a mais que o Juventude, primeiro da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Boa está virtualmente na Série C. A segunda derrota seguida fez o lanterna estacionar nos 29.

Precisando da vitória para se distanciar da zona de rebaixamento, o CRB começou em cima do Boa e abriu o placar aos 11 minutos com Willians Santana em cobrança de pênalti. Na frente, o time alagoano recuou e chamou o adversário para cima. O empate quase veio em chutes de Daniel Cruz e Alyson.

No segundo tempo, o CRB quase ampliou com Alípio, mas recuou demais e o Boa foi buscar o empate aos 40 minutos. Hélder cruzou e Bruno Tubarão desviou no canto de João Carlos. Dois minutos depois, porém, o time alagoano voltou a ficar na frente do placar. Renan Oliveira cobrou falta e Everton Sena cabeceou para o gol. Alívio da torcida.

Os dois times voltam a campo nesta terça-feira, pela 35.ª rodada. O CRB recebe o Juventude, às 21h30 (de Brasília), novamente no estádio Rei Pelé, enquanto que o Boa encara a Ponte Preta, às 20h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

CRB 2 x 1 BOA

CRB - João Carlos; Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca; Claudinei, Serginho, Felipe Menezes (Renan Oliveira) e Willians Santana (Luiz Otávio); Iago e Rafael Costa (Alípio). Técnico: Roberto Fernandes.

BOA - Darley; Hélder, Caíque, Luan e Jadson (William Barbio); Cloves, Machado, Alyson e Thallyson; Daniel Cruz (Bruno Tubarão) e Manoel (Douglas Baggio). Técnico: Tuca Guimarães.

GOLS - Willians Santana (pênalti), aos 11 minutos do primeiro tempo; Bruno Tubarão, aos 40, e Everton Sena, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edson Ratinho, Alípio e Felipe Menezes (CRB).

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.