No sufoco, Paysandu derrota Juventude

O que parecia ser um jogo fácil para o time paraense, principalmente ao fazer 2 a 0 no começo do segundo tempo, transformou-se numa partida dramática no Mangueirão, mas no final o Paysandu saiu de campo com a vitória por 3 a 2 sobre o Juventude (RS). Souza, Magnum e Aldrovani marcaram neste domingo para o Papão da Curuzu, enquanto Neto e Ranone descontaram para os gaúchos. O resultado deixou os paraenses fora da zona de rebaixamento, somando 8 pontos na 18ª colocação.O primeiro tempo foi de muito equilíbrio. O Paysandu esbarrou numa forte retranca do Juventude, que posicionou seis jogadores no meio-de-campo. Incompetente para furar o bloqueio, o time da casa pecava na falta de criatividade de seus jogadores, principalmente Magnum e Vélber.Aos 13 minutos, Souza recebeu um escanteio de Lecheva e cruzou. A zaga gaúcha subiu e Neto mandou para as redes. O juiz anotou gol de Souza: Paysandu 1 a 0. Logo aos 40 segundos da etapa final, Jobson cruzou e Magnum escorou de cabeça, fazendo o segundo do Paysandu.O Juventude ensaiou uma reação. Neto, de cabeça, fez o primeiro dos gaúchos; Raone, aos 12, limpou o lance e, da entrada da grande área, desferiu uma bomba no canto direito de Alexandre Fávaro: 2 a 2.O Paysandu entrou no desespero e passou a tentar a vitória de qualquer maneira. Aos 26, Souza foi à linha de fundo e cruzou para Aldrovani fazer 3 a 2. Aos 31, Rafael, do Juventude, perdeu o gol mais feito da partida. Sozinho, debaixo da trave e sem goleiro, conseguiu mandar a bola por cima da trave.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.