Edu Andrade/Fatopress
Edu Andrade/Fatopress

No Sul, Lusa aposta na força do grupo

Sem tempo para ‘respirar’, Portuguesa tenta se manter fora da zona da degola

O Estado de S. Paulo

22 de setembro de 2013 | 08h30

SÃO PAULO - Depois de 15 rodadas na zona de rebaixamento, a Portuguesa conseguiu deixar as quatro últimas posições no Brasileirão na última rodada. Sem muito tempo para ‘respirar’, a Lusa aposta na força do grupo para superar o Internacional neste domingo, às 16h, em Novo Hamburgo.

“Quando cheguei, era difícil colocar 11 em campo para jogar. Agora já temos um grupo. Claro que se perdemos vários jogadores de uma vez ficará difícil, mas nessa média de um ou dois por rodada dá para administrar”, disse o técnico Guto Ferreira.

Para o duelo, o treinador não poderá contar com o goleiro Lauro e o atacante Gilberto, que pertencem ao próprio Internacional. Os desfalques, porém, não devem causar muitos problemas. Isto porque Diogo retorna de suspensão e formará dupla de ataque com Bergson. No gol, Glédson foi confirmado como titular. Ainda, Rogério também volta depois de cumprir automática e reassumirá à titularidade na lateral-esquerda apesar da boa estréia de Bryan, vindo do América Mineiro.

“Temos um grupo forte e eu darei toda a atenção e confiança para quem vai entrar. Pode ser que falte qualidade, mas não faltará entrega em Porto Alegre”, encerrou o treinador.

No Internacional, o técnico Dunga espera contar com um D'Alessandro inspirado. O meia argentino volta ao time no lugar de William ou de Alex.

EM CURITIBA

Depois de provocar a demissão da comissão técnica do Flamengo após vencer os cariocas por 4 a 2 no Maracanã, no meio da semana, o Atlético Paranaense enfrenta a Ponte Preta neste domingo às 18h30, na Vila Capanema, em Curitiba. Para esta partida o técnico Vagner Mancini conta com o retorno do meia Paulo Baier, que desfalcou a equipe no Rio por causa de uma amigdalite, mas em compensação perderá João Paulo, que cumpre suspensão e Bruno Silva, que por força de contrato não jogará contra sua equipe de origem. Eles serão substituídos por Zezinho e Deivid respectivamente.

Após passar várias semanas afundada na crise, a Ponte Preta ganhou um pouco de paz após a vitória sobre o Corinthians, que encerrou uma sequência de oito jogos sem vitórias no Brasileirão, sendo sete derrotas. O técnico Jorginho sabe que a vitória ainda está longe de ter solucionado os problemas do clube. “Temos que entender que ainda está muito difícil e precisamos jogar todas as partidas dessa forma”, explicou.

Jorginho pretende manter a mesma base para o jogo deste domingo. Suas únicas preocupações eram com o volante Alef e o atacante William, que deixaram a partida passada com dores musculares.

Após cumprir suspensão, o zagueiro César volta a ficar à disposição, mas Diego Sacoman deve ser mantido ao lado de Ferron. Já o meia Elias, emprestado pelo Atlético, está impedido de jogar por contrato. O mesmo acontece com o lateral Rodrigo Biro e o volante Bruno Silva, que pertencem à Ponte e estão no clube paranaense.

FICHA TÉCNICA

INTER - Muriel, Gabriel, Índio, Juan & Kleber; Airton, Josimar, D’Alessandro & Alex (Willians); Otávio & Leandro Damião. Técnico: Dunga.

PORTUGUESA - Gledson, Luis Ricardo, Valdomiro, Moisés Moura & Rogério; Ferdinando, Bruno Henrique, Moisés & Souza; Diogo & Bergson. Técnico: Guto Ferreira.

JUIZ - Marcos André Gomes da Penha (ES).

LOCAL - Estádio do Vale (Novo Hamburgo).

HORÁRIO - 16h.

NA TV - Pay-per-view.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.