No treino, Parreira evita dar alguma pista sobre escalação

Como vem fazendo nos últimos dias, o treinador da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, evitou dar qualquer tipo de pista, no treino desta quarta-feira, sobre a escalação para a partida contra o Japão, que acontece na quinta, em Dortmund, pela terceira rodada do grupo F da Copa do Mundo. Como os jogadores apenas realizaram o conhecido rachão em metade do campo, durante o treinamento de reconhecimento do gramado do Westfalenstadion, nada foi possível ser desvendado quem começará jogando.A expectativa é que Parreira fale sobre o assunto durante a entrevista coletiva que acontecerá no próprio estádio, depois do treino desta quarta-feira. No treinamento, o técnico preferiu apenas acompanhar a movimentação dos jogadores do lado de fora do campo. Emerson e Cafu, pendurados com um cartão amarelo, são os mais cotados para serem poupados contra os japoneses.Após o rachão, alguns jogadores ainda realizaram treino de finalização. Foram eles: Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Adriano, Ricardinho, Roberto Carlos, Cicinho e Ronaldo. De Dortmund, a delegação volta para Bergisch Gladbach, onde se concentrará para o jogo desta quinta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.