No último segundo, Santos marca e bate o Cruzeiro em Minas

Aos 49 minutos do 2.º tempo, Adailton, de cabeça, faz 1 a 0 e deixa os santistas bem perto da Libertadores

Rafael Argemon, Estadao.com.br

03 de outubro de 2007 | 23h57

Parece que tudo conspira para o título do São Paulo. Tanto, que seu mais forte perseguidor na tabela do Brasileirão, o Cruzeiro, foi castigado com uma derrota por 1 a 0 para o Santos com um gol no último segundo de partida marcado pelo zagueiro Adailton. Veja também: Classificação Últimos resultados / Próximos jogos O primeiro tempo foi péssimo. Ambas equipes erraram diversos passes, e chances reais de gol não aconteceram para nenhum dos lados. O descontentamento de Dorival Júnior com o desempenho do Cruzeiro era tanto, que aos 30 minutos da primeira etapa ele já fez a primeira substituição, colocando Guilherme no lugar de Marcelo Moreno, que não conseguiu ganhar uma jogada sequer da zaga santista. A grande chance do jogo só veio aos 13 minutos do jogo, quando o zagueiro do Santos, Domingos, chutou em cima de Guilherme duas vezes seguidas, e na segunda vez, a bola explodiu no atacante cruzeirense e obrigou Fábio costa a fazer uma bela defesa. A partir desse lance o Cruzeiro acordou. Empurrado por sua torcida começou a pressionar muito o Santos, mas para hora na defesa visitante, hora nos cruzamentos errados do lateral-direito cruzeirense Mariano, que teve muitas chances de levantar a bola na área do Santos, mas errou quase todas. Muito apagado na partida, Petkovic deu lugar a Vítor Júnior, aos 19 minutos da etapa final. Mas a única coisa que o meia do Vitória fez foi dar uma entrada violenta três minutos depois e levar um amarelo. E no mesmo minuto Kleber Pereira aproveitou e, de tanto reclamar, também levou um cartão, aliás, seu terceiro, o que o deixa de fora do jogo contra o Botafogo, no final de semana, no Rio. Aliás, parece que o número 33 nas costas de Kleber Pereira, em homenagem ao ídolo da NBA, Michal Jordan, não deu sorte ao atacante do Santos, que segue sem marcar um gol sequer com a camisa santista há um mês. Vanderlei Luxemburgo mudou mais dois jogadores, aos 23, Rodrigo Tabata e Renatinho nos lugares de Carlinhos e Marcos Aurélio, respectivamente. As mudanças fizeram efeito, e os visitantes equilibraram mais o jogo, tanto que aos 32, Kleber Pereira cruzou da esquerda e Tabata cabeceou cara a cara com Fábio, que salvou o time da casa.   Tentando dar um novo gás em seu ataque, aos 28, Dorival Júnior saca Maicosuel e coloca Kerlon em campo. Porém, o atacante famoso pelo 'drible da foca' não fez nada, sequer um chute ao gol, e muito menos sua jogada característica.Cruzeiro0Fábio; Mariano, Thiago Martinelli, Thiago Heleno e Fernandinho; Ramires    , Charles, Maicosuel (Kerlon) e Wagner (Leandro Domingues); Roni     e Marcelo Moreno (Guilherme)Técnico: Dorival JúniorSantos1Fábio Costa; Alessandro, Domingos    , Adailton     e Carlinhos (Rodrigo Tabata); Maldonado, Rodrigo Souto, Kléber e Petkovic (Vitor Júnior    ); Marcos Aurélio (Renatinho) e Kléber Pereira    .Técnico: Vanderlei LuxemburgoGols: Adailton, aos 49 do segundo tempoÁrbitro: Wagner Tardelli (SC)Renda: R$ 113.208,00Público: 8.110 pagantesEstádio: Mineirão Tal qual Petkovic no Santos, o meia cruzeirense Wagner não teve uma noite inspirada e deu lugar a Leandro Domingues aos 35, mas o meia reserva também não correspondeu e o Cruzeiro preferia dar chutes de longa distância. Em um deles, aos 36, Guilherme assustou Fábio Costa, que precisou se esticar muito para espalmar a bola que entraria no seu canto direito. Aos 39, charles acertou uma bomba de fora da área e o goleiro santista bateu roupa, mas não havia nenhum companheiro seu para aproveitar o rebote. Porém, já nos descontos, o castigo. O árbitro Wagner Tardelli marcou uma falta em Kleber Pereira no bico esquerdo da grande área do Cruzeiro. Tabata cobrou na cabeça do zagueiro Adailton, que não desperdiçou a chance a venceu Fábio, dando três pontos preciosos ao Santos, que com a vitória fica muito perto da vaga na próxima edição da Taça Libertadores da América.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.