Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

No Uruguai, Copete promete dedicação para continuar no time titular do Santos

Atacante colombiano deu passe para gol na vitória contra o Estudiantes na última rodada da Libertadores

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2018 | 20h06

A briga por uma vaga no ataque titular do Santos se acirrou nos últimos dias. Com a lesão de Eduardo Sasha, Copete ganhou uma chance no duelo contra o Estudiantes, na última terça-feira, e não desapontou o técnico Jair Ventura. Teve boa atuação e deu o passe para o gol de Gabriel que abriu a vitória por 2 a 0. Nesta segunda, o atacante colombiano disse que vive um bom momento, mas frisou que não tem vaga assegurada entre os 11 titulares.

+ Confira a tabela da Copa Libertadores

+ Erros de árbitros irritam equipes no Brasileirão

+ MAURO CEZAR: Vice vale mais que título

O Santos encara o Nacional, do Uruguai, nesta terça-feira, no estádio Parque Central, casa do adversário, em Montevidéu, pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, e, como Eduardo Sasha segue machucado, Copete deve continuar na equipe titular apesar de o treinador santista não ter confirmado a escalação.

"O momento é bom. Sempre falei que podia ajudar o time. Estou bem, feliz, esperando que as coisas aconteçam nesse jogo. Todos jogadores estão disputando vaga. Ninguém tem lugar assegurado", ressaltou Copete em entrevista coletiva após o treinamento desta segunda-feira no CT do Danúbio, do Uruguai.

O colombiano sofreu algumas críticas da torcida na última temporada e perdeu a titularidade na atual temporada com as chegadas de Eduardo Sasha e Gabriel e com o bom desempenho do jovem Rodrygo. Um trunfo para que Copete permaneça no time é a dedicação em campo.

"Temos que lutar em campo, não deixar nenhuma bola perdida. Temos que ter grande mentalidade para ganhar o jogo. Esperamos classificar. Estamos com esse objetivo", disse o jogador, que ainda deu a receita para vencer o time uruguaio: "Tentar ter movimentação no contra-ataque para levar perigo para eles".

O Santos lidera o Grupo F com nove pontos, quatro à frente do Nacional, vice-líder, e precisa de um simples empate para se garantir nas oitavas de final da competição sul-americana com antecedência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.