Nobre diz não ter pressa para escolher novo técnico do Palmeiras

Presidente não deu detalhes sobre perfil de novo técnico, mas exige que substituto de Gareca deve conseguir resultados imediatos

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

01 Setembro 2014 | 18h32

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, afirmou nesta segunda-feira em entrevista coletiva não ter pressa para anunciar quem será o novo técnico da equipe. Com a demissão de Ricardo Gareca, o time será comandado pelo interino Alberto Valentim e tem como próximo compromisso o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, quinta-feira, em Belo Horizonte, quando precisa se recuperar depois de ter perdido por 1 a 0 em casa, na ida.

Nobre preferiu não dar detalhes de qual perfil de profissional vai tentar trazer para o clube. O presidente disse apenas que terá como exigência trazer alguém que consiga resultados imediatos. "Queremos alguém sério, trabalhador e que se identifique com o clube. Não temos tempo determinado para escolher um novo técnico. Não vamos tomar nenhuma atitude sem pensar antes de conversar com a nossa comissão técnica", explicou.

Gareca trabalhou durante três meses no Palmeiras e em 13 jogos teve oito derrotas. "A médio e a longo prazo ele daria certo no Palmeiras. Se trabalhou cinco anos no Vélez, é porque tem muita qualidade. O problema é que já estamos na metade do campeonato e precisamos sair rápido dessa situação desagradável", afirmou. No Brasileirão o Palmeiras está uma posição acima da zona de rebaixamento e encerra o primeiro turno fora de casa, contra o Atlético-PR, em Curitiba, no domingo.

Nobre garantiu que os quatro reforços trazidos por Gareca ao clube vão ser mantidos. O argentino pediu as contratações dos argentinos Allione, Mouche, Tobio e Cristaldo. Todos já foram testados como titulares do Palmeiras.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Paulo Nobre

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.