Nobre e Brunoro serão homenageados pela Câmara Municipal

Dirigentes do Palmeiras e torcedores ilustres vão participar de celebração para marcar o centenário do clube, que será dia 26

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2014 | 17h37

Em comemorações ao centenário do Palmeiras, o presidente do clube, Paulo Nobre, e o diretor executivo, José Carlos Brunoro, serão homenageados pela Câmara Municipal de São Paulo na próxima segunda-feira. Alguns palmeirenses ilustres também serão lembrados para representar toda a torcida palmeirense.

Nobre vai receber a Medalha Anchieta, maior honraria concedida pelo Poder Legislativo a um paulistano, e ainda um diploma de gratidão da cidade, pelos serviços prestados ao esportes e à cultura.  

Também receberão homenagens o ministro Aldo Rebelo, do Esporte, o presidente do Banco do Brasil, Ademir Bendine, o senador Antônio Carlos Rodrigues, o maestro Júlio Medaglia, o apresentador do programa Pânico Marco Chiesa, o Bola, a paniquete Juju Salimeni, os jornalistas Boris Casoy, Roberto Cabrini e Paulo Bonfá, os cantores Maurício Manieri, Wilson Simoninha e Egypcio (banda Tihuana), o produtor musical Rick Bonadio e José Carlos Brunoro, entre outros.

"O Palmeiras tem mais de 16 milhões de torcedores no Brasil, segundo o Ibope, e sei que cada torcedor merece o título de cidadão palmeirense. Mas, como não podemos reunir todos aqui na Câmara, vamos homenagear 50 pessoas, dos mais diferentes segmentos da sociedade, para que todos se sintam representados. Nos 100 anos de história, o maior patrimônio do clube é sua torcida e não faz sentido comemorarmos a data sem homenagearmos a razão de ser do clube: o torcedor", disse o vereador Nelo Rodolfo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.