Daniel batista/Estadão
Daniel batista/Estadão

Nobre faz homenagem a Evair: 'É maior que Pelé e Maradona juntos'

Ex-atacante recebe placa do presidente celebrando os seus 50 anos

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

28 de fevereiro de 2015 | 17h25

Antes da partida contra o Capivariano neste sábado, no Allianz Parque, o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, resolveu fazer uma homenagem ao ex-atacante Evair, que completou na sexta-feira da semana passada, 50 anos de idade. O ídolo palmeirense recebeu uma placa e uma camisa com o número 50 e o nome Evair das mãos do dirigente, que deixou seu lado torcedor falar mais alto durante o evento.

"Estamos fazendo uma homenagem a um dos maiores ídolos da história centenária do Palmeiras. Para o torcedor Paulo Almeida Nobre foi o maior ídolo da minha vida. Sempre digo que é besteira discutir quem foi o maior, se Pelé ou Maradona. Se juntar os dois, não dá metade de um Evair. Esse é o pensamento de um torcedor", disse o dirigente, em entrevista coletiva realizada na sala de imprensa do estádio palmeirense.

O homenageado fez questão de agradecer ao presente. "Queria agradecer pela lembrança. Foi uma honra ter vestido essa camisa e todo mundo sabe da minha alegria. Meu ''muito obrigado'' e o Palmeiras é aquela extensão de casa, que eu tenho orgulho de ouvir na rua que eu sou o Evair que jogou no Palmeiras", comentou Evair, um dos maiores atacantes que já defendeu o time alviverde. Após a homenagem, o ex-atacante ainda subiu até o gramado da arena para ser saudado pelos torcedores, que gritaram o famoso coro de "Eo, eo, Evair é um terror."

Bem-humorado, o atacante "lamenta" o fato de não poder atuar na arena do Palmeiras. "Se eu fosse um pouco mais novo, daria para jogar um pouco, mas agora é só olhar, torcer pelo time e admirar o estádio", comentou. Sob os olhares de Evair, o Palmeiras enfrenta o Capivariano neste sábado, às 18h30. A partida marca a estreia do volante Arouca com a camisa alviverde.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasPaulo NobreEvair

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.