Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Nobre não garante Cuca em 2017: 'Próximo presidente vai decidir'

Técnico tem contrato com o Palmeiras até o final deste ano

Daniel Batista, Estadão Conteúdo

26 Agosto 2016 | 15h15

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras não tem assegurado a permanência do técnico Cuca para o próximo ano. O contrato do treinador vence no final desta temporada e o presidente Paulo Nobre avisou que deixará uma possível negociação para renovação de contrato nas mãos do próximo mandatário, que será eleito no fim do ano.

"Acho que o contrato do Cuca acaba no final do ano. Ele é um grande treinador, mas isso (continuidade dele) o próximo presidente é quem vai decidir. Ele que vai comandar nos próximos anos", disse Nobre.

Situação parecida vive o diretor de futebol, Alexandre Mattos. Ele também tem contrato até o fim do ano e a tendência é que ele permaneça, principalmente se o vencedor do pleito foi o sucessor de Paulo Nobre, que deve ser Mauricio Galiotte, vice-presidente do clube.

Nobre não quis antecipar quem vai indicar para ser seu sucessor. Além de Galiotte, outro vice que concorre ao pleito é Genaro Marino. A tendência é que o novo presidente indique o atual para algum cargo diretivo.

"Obviamente, gostaria de fazer meu sucessor para dar continuidade na filosofia administrativa. Talvez a gestão mais importante seja a próxima, porque ainda existe uma dúvida de como será o Palmeiras quando eu deixar a presidência. Gostaria de ver a próxima gestão com muito sucesso para a coletividade palmeirense não ter dúvidas de que de 2013 para cá, tudo que aconteceu foi fruto da grandeza do clube e não por causa de uma pessoa", explicou o dirigente.

A eleição para presidente ainda não tem data marcada, mas ocorrerá entre o fim de novembro e o começo de dezembro. Antes, as chapas precisam ser inscritas e aprovadas pelo Conselho Deliberativo do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.