Noiva de Renato é barrada na concentração

Se o Santos precisava de tranqüilidade para se concentrar, para a decisão da Copa Libertadores da América, esta noite contra o Boca Juniors, no Morumbi, encontrou o lugar certo. Até às 15 horas desta quarta-feira, apenas 15 pessoas, entre torcedores e curiosos, permaneciam em frente ao hotel onde está hospedado o time brasileiro. Entre aqueles que foram à Alameda Lorena dar seu apoio ao time de Leão, marcaram presença a noiva do meia Renato, Lilian, que precisou entregar ao jogador, os documentos necessários para o casamento de ambos, amanhã, no cartório civil. No dia 11 acontece a cerimônia no religioso. Por determinação do técnico Leão, a futura esposa não pôde falar com o atleta, e entregou os documentos ao segurança do clube. O volante Fabiano também recebeu visitas, e ao contrário do companheiro, teve oportunidade de recebê-las. Sua filha, que é neta de Vanderlei Luxemburgo, foi levada pela babá até o saguão do hotel, e o pai coruja pegou-a no colo, deu um beijo de despedida e rapidamente voltou para o quarto. Marcelo Teixeira - O presidente Marcelo Teixeira chegou depois do almoço dos jogadores e subiu para encontrar os atletas, sem falar com a imprensa. O dirigente deve se reunir com o técnico Leão e os jogadores, para realizar uma prece antes da partida.

Agencia Estado,

02 de julho de 2003 | 15h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.