Ricardo Duarte / S.C. Internacional
Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Nonato e Dourado deixam treino mais cedo e preocupam Inter para domingo

Equipe de Odair Hellmann enfrenta o Avenida, domingo, fora de casa, pelo Gaúcho

Redação, Estadão Conteúdo

22 de fevereiro de 2019 | 16h12

Depois de uma atividade fechada do Internacional na quinta-feira, o técnico Odair Hellmann voltou a abrir aos jornalistas o treino realizado no CT do Parque Gigante nesta sexta-feira. O que se viu preocupou o treinador às vésperas do duelo com o Avenida, uma vez que o volante Rodrigo Dourado e o meia Nonato sentiram problemas físicos e deixaram a atividade mais cedo.

Nonato foi o primeiro a sair de campo. O jogador de 20 anos sofreu uma pancada na altura do tornozelo e não conseguiu seguir na atividade. Pouco depois, Dourado reclamou de dores no pé direito e também foi para os vestiários. Eles se tornaram dúvidas para a partida de domingo, no Estádio dos Eucaliptos, pelo Campeonato Gaúcho.

"Não é bom eles terem saído do treinamento. Espero que não tenha sido nada de mais grave, mas temos que esperar algumas situações. São situações que dependem do departamento médico. Preocupa, claro, principalmente porque o diagnóstico precisa de mais tempo", declarou o técnico Odair Hellmann.

Caso Dourado não possa jogar, Rodrigo Lindozo e Rithely disputarão sua vaga. Para o lugar de Nonato, D'Alessandro é a principal opção. Odair lamentou que estes problemas físicos tenham acontecido no momento em que o Inter vem apresentando evolução em campo, após um início ruim de temporada.

"Eu acredito quanto melhor for o desempenho, mais perto do resultado estaremos. Estamos em uma evolução, em uma crescente e vamos para o jogo contra o Avenida muito concentrados", afirmou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.