Noroeste faz 4 a 1 no Galo/Adap e se classifica à 2.ª fase

Numa noite de gala, o Noroeste não deu chance ao Galo/Adap, de Maringá (PR), e o goleou por 4 a 1, nesta quarta-feira à noite, garantindo assim a vaga na segunda fase da Copa do Brasil. Com isso, o jogo da semana que vem, que seria em Bauru (SP), está cancelado (pelo regulamento, o visitante que vence o jogo de ida por dois ou mais gols de diferença se classifica). O Noroeste agora espera o vencedor do confronto entre Madureira-RJ e Figueirense, que jogam a primeira partida na semana que vem, dia 21 de fevereiro, no Rio de Janeiro. Mesmo com três volantes, o Noroeste se mostrou forte na marcação e eficiente no ataque. Assim foi marcando seus gols com facilidade. Edno abriu o placar aos sete minutos. Aos 37 minutos, Leandrinho ampliou depois de receber passe de Hernani. Três minutos depois, após bobeada da defesa noroestina, o árbitro marcou pênalti duvidoso. Na cobrança, Adriano bateu bem e fez o primeiro gol do time da casa, fechando o placar do primeiro tempo, aos 41. No segundo tempo, aos quatro minutos, Edno fez o terceiro cobrando falta, com ajuda do goleiro Vilson, que tomou um frangaço entre suas pernas. O quarto gol era questão de tempo. Após boa jogada de Leandrinho, Hernani recebeu e teve calma para finalizar, matando o jogo e selando a classificação noroestina: 4 a 1, aos 25 minutos do segundo tempo. O Adap joga dia 28 de fevereiro, contra o Iraty, pelo Campeonato Paranaense. O Noroeste volta a campo no sábado, diante do São Caetano, em casa, pelo Paulistão. Ficha técnica: Galo/Adap 1 x 4 Noroeste Adap - Vílson; Deivi, Alex Noronha, Dezinho e Rogério; Lino, Dino, Doriva (Cícero) e Cipó (Barbieri); Galvão (Varlei) e Adriano. Técnico: Itamar Bernardes. Noroeste - Fabiano; Éder, Bonfim, Toninho e Neílton; Deda, Hernani, Márcio Egídio Edno (Fernando Gaúcho); Leandrinho (Bruno Mineiro) e Vandinho (Otacílio). Técnico: Paulo Comelli. Gols - Edno, aos 7, Leandrinho, aos 37 e Adriano (pênalti), aos 41 minutos do primeiro tempo. Edno, aos 4 e Hernani, aos 25 minutos do segundo tempo. Árbitro - Mauro de Lima (SC). Público - 9.177 pagantes. Renda - R$ 96.293,00. Cartão amarelo - Doriva, Rogério, Alex Noronha, Adriano, Edno e Éder. Local - Estádio Willie Davis, em Maringá (PR).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.