Noroeste não joga bem, mas vence o lanterna Rio Preto

Time do técnico Márcio Bittencourt vence mais uma, enquanto o Rio Preto continua com apenas um ponto

06 de fevereiro de 2008 | 21h49

O Noroeste nem precisou mostrar um futebol convincente para vencer o frágil Rio Preto por 2 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Anísio Hadad, em São José do Rio Preto. Com 13 pontos, o time de Bauru assumiu, provisoriamente, a terceira posição. Enquanto isso, o novato Rio Preto sofreu a sua sexta derrota consecutiva e continua com apenas um ponto, na lanterna do Campeonato Paulista.Veja também: Classificação Calendário / Resultados Com vários novatos em campo, como o goleiro Marcelo Bonan, o zagueiro Rafael Silva, ex-Olímpia, e o experiente meia Piá, o Rio Preto mostrava vontade, mas pecada no entrosamento. O Noroeste, muito defensivo, não soube tirar proveito disso no primeiro tempo.  Rio Preto 0 Marcelo Bonan; Éder Baiano, Jefferson e Rafael Silva    ; Du (Rafinha), Mário André, Piá (Julian), Émerson e Neilton; Branquinho e Paulo Roberto (William) Técnico: Dioley Cândido  Noroeste 2 Fabiano    ; Éder, Bonfim    , Anderson Marques (Éder Monteiro) e Leandro Soares; Júlio, Ralf, Luciano Bebê     e Edno; Vandinho (Alexandre Luz) e Otacílio Neto (Alexandre Messiano) Técnico: Márcio Bittencourt Gols: Otacílio Neto aos 22 e aos 24 minutos do 2.º tempoÁrbitro: Philippe LombardRenda: R$ 9.620,00Público: 724 pagantesEstádio: Anísio Haddad, em São José do Rio Preto Mas na etapa final, com a marcação mais na frente, o Noroeste chegou aos seus gols. O primeiro gol saiu com uma falha de Bonan. Leandro Soares arriscou o cruzamento pelo alto do lado esquerdo. O goleiro saiu para dar um soco na bola, mas mandou para suas próprias redes, aos 22 minutos. O juiz anotou o gol para Otacílio Neto, que teria desviado a bola. Quase em seguida, saiu o segundo gol. Após troca de passes no ataque, a bola ficou com Otacílio Neto, que ajeitou e bateu forte de esquerda, bem ao seu estilo. A bola entrou no canto direito de Bonan: 2 a 0. Este foi o sétimo gol de Otacílio Neto, artilheiro do Paulistão.A partir daí, tudo ficou mais fácil para o Noroeste, que ganhou espaço para ampliar o placar e viu diante de si um adversário desesperado e, desde já, condenado ao rebaixamento.O Rio Preto vai ter outra pedreira,já que vai enfrentar a Ponte Preta no próximo domingo, em Campinas, às 18h10. O Noroeste vai jogar em casa, no Estádio Alfredo de Castilho, no sábado, às 18h10, contra o Bragantino.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1NoroesteRio Preto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.