Paul Ellis/AFP
Paul Ellis/AFP

Nos pênaltis, Chelsea bate o Villarreal e conquista a Supercopa da Europa

Goleiro espanhol Kepa Arrizabalaga sai do banco de reservas e garante título ao time londrino após empate por 1 a 1 no tempo normal

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

11 de agosto de 2021 | 19h45

São Paulo - Dono do último título da Liga dos Campeões, o Chelsea derrotou o Villarreal, atual vencedor da Liga Europa, nos pênaltis, e ganhou pela segunda vez a Supercopa da Europa nesta quarta-feira. Depois de um empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação com gols de Ziyech e Gerard Moreno, o goleiro Kepa Arrizabalaga entrou nos minutos finais só para as penalidades e fez a diferença ao garantir com duas defesas a conquista do time inglês.

A vitória nos pênaltis em Belfast, na Irlanda do Norte, foi uma espécie de redenção do Chelsea e também de Kepa. Os ingleses foram campeões em 1998, mas haviam perdido o título em suas últimas três participações, em duas delas justamente nas penalidades. Em 2013 para o Bayern de Munique, e em 2019 para o Liverpool.

E o goleiro espanhol havia protagonizado uma situação desconfortável na final da Copa da Liga Inglesa de 2018/19. Naquela ocasião, Kepa desobedeceu o técnico Maurizio Sarri, que preparava a entrada do reserva Caballero, e recusou ser substituído. O Chelsea acabou derrotado para o Manchester City e o arqueiro saiu de campo desolado. Mas nesta quarta, foi o protagonista do título dos londrinos ao defender as batidas de Mandi e Albiol. Jorginho entrou no segundo tempo e foi um dos que converteu seu pênalti com extrema categoria. Thiago Silva permaneceu entre os reservas.

Agora com duas taças, o Chelsea se iguala a Bayern de Munique, Anderlecht, Valencia e Juventus na lista dos ganhadores da Supercopa. Barcelona e Milan, com cinco troféus cada, são os maiores campeões, à frente de Real Madrid e Liverpool, com quatro títulos. Ajax e Atlético de Madrid, com dois, vêm na sequência.

O Villarreal não repetiu na Supercopa o desempenho nos pênaltis que conseguira na final da Liga Europa, quando derrotou o Manchester United depois de incríveis 21 cobranças. O time espanhol segue nem nunca ganhar o torneio que reúne o vencedor da Liga dos Campeões e o campeão da Liga Europa.

O primeiro tempo foi dominado pelo Chelsea, que chegou mais vezes com perigo ao gol adversário e abriu o placar aos 26 minutos com Ziyech após boa jogada de Havertz pela esquerda. O marroquinho recebeu cruzamento rasteiro do companheiro e bateu cruzado da marca do pênalti para superar Asenjo.

Marcos Alonso e Zouma também tiveram oportunidades para ampliar, e a equipe inglesa perdeu o autor do gol devido a uma lesão no ombro direito. No lugar de Ziyech entrou o jovem americano Pulisic. No último minuto do primeiro tempo, o Villarreal, muito retraído, ficou perto de empatar com Alberto Moreno. O meia recebeu cruzamento de Gerard Moreno e bateu forte de primeira no travessão.

Os ingleses reduziram o ritmo no segundo tempo e os espanhóis passaram a pressionar em busca do empate. Gerard Moreno primeiro parou em Mendy na melhor chance que teve no início, mas depois não desperdiçou. Dia deu lindo passe de calcanhar para o artilheiro, que mandou no ângulo e empatou o duelo aos 27 minutos.

Depois do gol, o Villarreal se segurou no campo de defesa, o Chelsea voltou a atacar, mas com cautela, sem se arriscar muito. A postura das duas equipes levou o duelo para a prorrogação. No tempo extra, além do excesso de cuidado para não levar gol, o placar não foi alterado por conta do cansaço dos atletas, que fizeram seu primeiro jogo da temporada.

O time londrino foi quem mais tomou a iniciativa, mas não exerceu uma pressão tão intensa. Nos pênaltis, Havertz foi o único que errou do lado do Chelsea, que contou com o brilho de Kepa, herói improvável, para ser campeão. O goleiro pegou as batidas de Mandi e Albiol e saiu para comemorar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.