Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

'Nossa primeira preocupação é com a saúde dele', diz Tite sobre Neymar

Treinador reforça que quer um time de qualidade, não importando quem irá para os jogos

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

12 Março 2018 | 12h30

O técnico Tite procurou não lamentar a ausência de Neymar dos dois últimos amistosos da seleção brasileira antes do anúncio final de convocados para a Copa do Mundo, marcado para acontecer na primeira quinzena de maio. Destacando a preocupação com "a saúde" do jogador, o treinador disse nesta segunda-feira que a ausência de seu principal atleta vai servir, pelo menos, para dar oportunidade a novos jogadores.

+ Sem Neymar, Tite chama Willian José para amistosos da seleção brasileira

+ Alisson: 'Consegui superar a desconfiança que havia sobre meu trabalho'

 

"Eu vejo (a ausência de Neymar) como fato real, e em cima disso vamos direcionar o nosso trabalho", afirmou Tite, logo após anunciar nesta segunda-feira, no Rio, a lista de convocados para os amistosos contra Rússia e Alemanha, respectivamente nos dias 23 e 27 de março. "Nossa primeira preocupação é com a saúde do atleta."

Coerente com seu discurso, o treinador destacou que quer um time de qualidade, não importando quem irá para os jogos. "Equipe forte às vezes se faz independentemente de nomes", disse. "O conjunto tem que ser harmonioso."

O preparador físico Fábio Mahseredjian preferiu ver o "lado bom" da ausência de Neymar. "Tudo tem um lado bom na vida. Vamos encarar que no momento da apresentação dele (para a Copa) será com uma carga de jogos muito menor do que se estivesse jogando", ponderou, ressaltando ao mesmo tempo: "Mas é claro que não queríamos que ele se lesionasse".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.