Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Nossa responsabilidade aumentou, diz Leão

A conquista da liderança do Campeonato Brasileiro foi comemorada pelos santistas que esperaram 28 rodadas (23 no primeiro turno e cinco no segundo) para alcançar a primeira colocação, mas o técnico Leão fez questão de manter os pés no chão. "Aumentou nossa responsabilidade e não podemos perder o passo", disse. Leão, em sua análise, destacou a superioridade de seu time na primeira etapa, quando o resultado poderia ter sido mais dilatado. "Não é exagero se a etapa inicial terminasse com 4 a 0 a nosso favor". Mas nos últimos 45 minutos, o Flamengo pôs em risco a vitória santista. "Houve uma inversão e o Flamengo pressionou o Santos". O volante Paulo Almeida resumiu o que foi o jogo. "Foi uma grande vitória, caímos de produção no segundo tempo mas o importante é chegarmos ao primeiro lugar". Os santistas reconheceram, de uma forma geral, que a vitória se deu à excelente apresentação na etapa inicial, quando os gols foram marcados e várias chances desperdiçadas. "Acho que relaxamos no segundo tempo e demos oportunidade para o Flamengo crescer", prosseguiu Paulo Almeida. O meio-campista Renato criticou a postura defensiva adotada na etapa final. "Nós recuamos muito, com isso o Flamengo veio para cima da gente e quase empatou". Para Renato, as coisas vão ficar bem mais difíceis de agora em diante. "Serão todos contra a gente, todos querendo vencer o líder". O lateral-esquerdo Léo fez coro. "Nosso primeiro tempo foi muito bom, mas não mantivemos o ritmo no segundo". Ele explicou que, com as substituições efetuadas pelo Flamengo na etapa final, as coisas se complicaram. "O Flamengo colocou um jogador nas minhas costas e outro na do Reginaldo, do lado direito", disse. "Com isso, não conseguimos apoiar com eficiência". Léo mostrou maturidade. "Estamos crescendo na hora certa, estamos chegando na liderança no momento exato", acredita. Agora, o Santos tem uma semana para saborear a liderança no Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso santista será no sábado que vem, contra o Fortaleza, na capital cearense. Para esse compromisso, Leão terá um desfalque certo. Robinho recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora do compromisso. Flamengo - Edílson acha que o Santos jogou melhor no primeiro tempo e o Flamengo no segundo. Mesmo assim, o resultado foi justo. "Vencer o Santos aqui, na Vila, não é fácil". Os cariocas lamentaram a derrota e não se mostraram abatidos. André Bahia ainda teve tempo de comentar o gol do zagueiro Alex. "A gente conversou a semana inteira sobre o perigo dessa bola parada do Santos. E não adiantou nada".

Agencia Estado,

23 de agosto de 2003 | 19h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.