Nova Zelândia fatura Eliminatórias da Oceania e jogará repescagem para ir à Copa

Adversário da repescagem será o quinto colocado da América do Sul

Estadão Conteúdo

05 de setembro de 2017 | 10h10

A Nova Zelândia assegurou nesta terça-feira a conquista das Eliminatórias da Oceania para a Copa do Mundo de 2018 ao empatar por 2 a 2 com a seleção de Ilhas Salomão, fora de casa, em Honiara, triunfando na série decisiva pelo placar agregado de 8 a 3. Assim, agora vai buscar sua vaga no torneio na Rússia em uma repescagem contra o quinto colocado do torneio classificatório da América do Sul.

Os neozelandeses haviam encaminhado a classificação com a vitória por 6 a 1 em Auckland, na semana passada, e abriram 2 a 0 nesta terça, depois vendo os oponentes arrancarem um honroso empate, o segundo em 12 duelos entre as duas seleções.

Myer Bevan abriu o placar para a Nova Zelândia aos 14 minutos do primeiro tempo e o gol contra de Hadisi Aengari aos 21 ampliou a vantagem. Micah Lea'alafa, aos 28 da etapa inicial, e Henry Fa'arodo, aos 33 minutos do segundo tempo, empataram o jogo ao converterem cobranças de pênalti.

Agora a Nova Zelândia espera o fim das Eliminatórias Sul-Americanas para conhecer o seu adversário na repescagem - hoje, a quinta posição é ocupada pela Argentina. As partidas estão previstas para serem disputadas nos dias 6 e 14 de novembro, quando os neozelandeses vão buscar a classificação para a sua terceira Copa do Mundo - jogaram o torneio em 1982 e em 2010.

"Foi um jogo difícil hoje", disse o técnico da Nova Zelândia, Anthony Hudson, reconhecendo que as cinco mudanças que realizou na escalação da sua seleção atrapalharam a atuação da equipe. "Estou satisfeito por termos feito bem o nosso trabalho", acrescentou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.