RUBENS CHIRI / SÃO PAULO
RUBENS CHIRI / SÃO PAULO

Novato no meio e estreia antecipada: as opções do São Paulo em BH

Ausência de três titulares por suspensão obrigará Aguirre a mexer bastante no time contra o Cruzeiro

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

27 de julho de 2018 | 07h00

Dificilmente o São Paulo sairia da Arena do Grêmio, na última quinta-feira, sem baixas para o jogo de domingo, contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Com sete titulares pendurados, o técnico Diego Aguirre viu três deles levarem a terceira advertência e serem automaticamente desfalques para a rodada seguinte do Campeonato Brasileiro: Arboleda, Militão e Hudson.

+ Treinador lamenta chance perdida de 'matar o jogo': 'Quem não faz toma'

+ Hudson reclama de arbitragem do Rio em jogo do São Paulo

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Assim, não restará outra alternativa ao treinador uruguaio que não seja modificar bastante a escalação inicial para encarar os mineiros. Inclusive, ele cogita antecipar uma estreia que programava apenas para a semana que vem.

O lateral-direito Bruno Peres, contratado junto a Roma-ITA, ainda não reúne condições físicas ideais para entrar em campo. Ele vem trabalhando à parte do elenco no CT da Barra Funda. Porém, depois da derrota para o Grêmio, o comandante não descartou queimar etapas e ao menos relacionar o jogador para este domingo.

"Ainda não posso responder, porque, às vezes, as coisas mudam. A ideia era que ele ficasse pronto para a outra semana, mas não posso dizer que ele não estará pronto para esse jogo", despistou Aguirre.

O ex-santista seria alternativa para substituir Militão na direita. Neste caso, o técnico poderia optar por Araruna no meio, na vaga de Hudson. Se ainda não estiver confiante em relação à utilização de Bruno Peres, o uruguaio também tem a possibilidade de improvisar Araruna na lateral - função que o jogador já desenpenhou diversas vezes - e escalar o jovem Luan no meio-campo. O garoto de 19 anos estreou diante do Corinthians, no sábado passado, e agradou.

Vale lembrar que Jucilei, titular do meio-campo são-paulino, continua machucado, recuperando-se de um estiramento na região adutora da coxa esquerda.

E na zaga? O mais provável é que Arboleda, também suspenso, dê lugar a Bruno Alves para formar a dupla com Anderson Martins. Neste caso, Aguire não precisaria mexer no esquema tático.

Outra opção seria voltar a utilizar a formação com três zagueiros que ele testou logo que assumiu o time, mas neste caso teria de contar com alguma improvisação, já que Rodrigo Caio também permanece em recuperação (cirurgia no pé esquerdo). Uma altervativa seria o lateral Edimar atuando como defensor aberto pela esquerda, mas o jogador é outro entregue ao departamento médico (entorse no tornozelo esquerdo).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.