Novato, Schar elogia Messi, mas crê em vitória da Suíça

Após uma estreia inesperada em Copas do Mundo, tudo indica que o zagueiro suíço Fabian Schar será titular nesta terça-feira contra a Argentina, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pelas oitavas de final. Substituto de Steven von Bergen, cortado após uma fratura no rosto durante a fase de grupos, o jogador do Basel elogiou Messi e a seleção sul-americana, mas acredita em um triunfo da Suíça.

AE, Agência Estado

30 de junho de 2014 | 18h25

"Nós já mostramos algumas vezes que somos capazes de competir e até vencer das seleções grandes", afirmou o atleta de 22 anos, que participou de apenas de sete partidas pela seleção nacional na carreira.

Schar estreou contra Honduras, na última partida da fase de grupos que confirmou a classificação suíça para a fase de mata-mata. Na vitória por 3 a 0, ele, que contou ter ficado "mais nervoso do que o habitual" assistiu de dentro do campo a grande atuação do meia Xherdan Shaqiri, autor de todos os gols do jogo e esperança para as oitavas.

"Estamos muito felizes de tê-lo conosco. E seria muito bom se (na próxima partida) ele continuasse marcando gols", destacou, ponderando que a equipe deve dar tudo em campo pela classificação e não deixar tudo nas costas do companheiro. "É a única maneira de termos uma chance", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolSuíça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.