Novela Vampeta ganha outro capítulo

Com o ambiente tão conturbado pela saída de Geninho, outro problema que a diretoria do Corinthians precisa resolver e que já se arrasta há quase um mês - a situação do volante Vampeta - foi, mais uma vez, protelado. O jogador era aguardado no clube nesta segunda-feira, mas o encontro não ocorreu. Há quem diga que os dirigentes devem encontrá-lo apenas no fim de semana, quando o time estará em Salvador para enfrentar o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro.A expectativa de acerto, contudo, não é das mais otimistas. Vampeta, que se recusa a voltar enquanto a dívida referente aos direitos de imagem não for quitada, confidenciou a alguns amigos que não vai aceitar a proposta feita pelo clube no último dia 22. Por uma renovação de dois anos, o Corinthians pagaria salário de R$ 80 mil/mês, sendo o valor total registrado em carteira e regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Já a dívida seria paga em prestações ao longo do acordo. O atleta pretende assinar apenas se o salário for mantido em R$ 120 mil.De acordo com Citadini, dificilmente haverá acordo se Vampeta mantiver tal posição. "A proposta é muito boa e não há condição de o clube elaborar outra", afirmou o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.