Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Novidade em lista de Tite, Allan é 1º a se apresentar para amistosos da seleção

Brasil vai enfrentar Camarões e Uruguai nos dias 16 e 20 de novembro, em Londres

O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2018 | 23h04

Convocado pela primeira vez para defender a seleção brasileira, o meio-campista Allan, do Napoli, foi o primeiro a se apresentar em Londres, na noite deste domingo, para os amistosos que o time nacional fará contra Camarões e Uruguai, respectivamente nos dias 16 e 20 de novembro, na capital inglesa.

Por meio de nota publicada em seu site oficial, a CBF informou que o jogador se apresentou antes mesmo que o técnico Tite, que já estava na Inglaterra e neste domingo acompanhou in loco o clássico entre Manchester United e Manchester City, no Etihad Stadium, pelo Campeonato Inglês.

Allan foi convocado após o novo auxiliar técnico da seleção, Sylvinho, convencer Tite de que o jogador merecia ganhar uma primeira chance de vestir a camisa do Brasil. Formado pelo Vasco, ele já está há mais de sete anos atuando na Europa, onde também defendeu a Udinese no futebol italiano.

"Cheguei a enfrentar o Sylvinho quando ele era auxiliar do Mancini (na Inter de Milão), é uma grande pessoa e fico feliz por ele ter acompanhado o meu trabalho. Não só ele como toda a comissão. É um momento muito feliz na minha carreira", comemorou Allan em sua chegada em Londres.

NOVA BAIXA NO URUGUAI

Também neste domingo, o Uruguai confirmou mais um corte de jogador entre os muitos que terá para o amistoso contra o Brasil e depois para o confronto de preparação diante da França, no dia 20, em Paris. 

A Associação Uruguaia de Futebol (AUF) anunciou que o atacante Cristhian Stuani, do Girona, reclamou de um problema muscular de uma lesão da qual ele vinha se recuperando. Ele acusou o problema após defender o seu clube no sábado pelo Campeonato Espanhol e com isso foi descartado destes jogos da seleção.

No sábado, a AUF já havia anunciado os cortes do goleiro Muslera e do zagueiro Diego Godín, que também se lesionaram pelos seus respectivos clubes no sábado, do lateral-esquerdo Marcelo Saracchi, que se machucou na quinta-feira.

Apesar de três jogadores terem se lesionado, o técnico Óscar Tabárez optou por chamar apenas dois atletas como substitutos para recompor a seleção. Tratam-se do goleiro Martín Silva, do Vasco, e do jovem zagueiro Bruno Méndez, do Montevideo Wanderers e capitão da seleção uruguaia sub-20. Nenhum jogador também foi chamado para o lugar de Stuani.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.